Meteorologia

  • 20 OUTUBRO 2019
Tempo
17º
MIN 12º MÁX 18º

Edição

Lisboa. Casal de carteiristas detido duas vezes em cinco dias

Suspeitos ficaram em prisão preventiva.

Lisboa. Casal de carteiristas detido duas vezes em cinco dias

Dois carteiristas, de 22 e 32 anos, foram detidos pela Polícia de Segurança Pública duas vezes no período de cinco dias. Presentes a tribunal, acabaram por ficar em prisão preventiva.

Na primeira detenção, no dia 12 de setembro, na freguesia de Santa Maria Maior, em Lisboa, os agentes da PSP aperceberam-se da presença de um casal que seguia uma turista. A certa altura, a mulher vigiou e encobriu a ação do homem que, por sua vez, se colou à vítima, abriu-lhe a mochila que tinha às costas, tirando-lhe a carteira.

Assim que conseguiu roubar a carteira, passou-a à companheira para fazer nova investida à mala. Mas imediatamente foram detidos e a carteira apreendida à mulher, que ainda a tentou ver-se livre dela atirando para o chão. A carteira e o conteúdo, avaliados em 420 euros, foram devolvidas à vítima.

Durante a investigação, os agentes apuraram que o referido casal estava indiciado por uma série de outros furtos de carteira. Foi também apreendido um telemóvel resultante de outro furto que tinha sido levado cabo no mesmo local momentos antes.

Os suspeitos tinham ainda na sua posse dois pares de óculos de sol de uma marca de luxo internacional avaliados em 900 euros, comprados e pagos com um cartão bancário roubado a uma outra turista no passado dia 9 de setembro.

Perante as circunstâncias, os visados foram presentes a Tribunal e ficaram a aguardar julgamento sujeitos a apresentações semanais.

Dois dias depois, os dois carteiristas voltam à ação. Enquanto a mulher vigiava, o homem abriu a mochila a um turista e furtou-lhe um telemóvel no valor de 140 euros. Novamente vistos pelos agentes policiais, foram detidos e foi apreendido o telemóvel para ser entregue à vítima.

Presentes ao juiz de Instrução Criminal para primeiro interrogatório judicial, foi-lhes aplicada a medida de coação mais gravosa de prisão preventiva.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório