Meteorologia

  • 17 SETEMBRO 2019
Tempo
19º
MIN 17º MÁX 28º

Edição

SEF 'caça' trabalhadores ilegais no Alentejo e no Algarve

Uma das ações de fiscalização foi levada a cabo com o auxílio de outras autoridades, como a GNR e a Polícia Marítima.

SEF 'caça' trabalhadores ilegais no Alentejo e no Algarve

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) localizou um total de 29 trabalhadores estrangeiros a trabalhar nas zonas do Alentejo e do Algarve. Destes, seis foram notificados para abandonar o país, uma vez que se encontram em situação irregular.

Em comunicado, o SEF faz saber que uma das ações de fiscalização decorreu em Ferreira do Alentejo, no distrito de Beja, numa exploração agrícola onde trabalhavam 14 cidadãos estrangeiros “oriundos da América do Sul e do Leste Europeu”, dos quais quatro se encontravam em situação irregular.

Quanto à “utilização de mão-de-obra ilegal”, refere o SEF, serão “instaurados às entidades empregadoras os respetivos procedimentos contra ordenacionais”.

Resultado semelhante teve outra operação do SEF, desta feita no Algarve, mais precisamente em duas praias do concelho de Albufeira. Com o auxílio da Polícia Marítima e da GNR, os inspetores do SEF fiscalizaram diversos vendedores ambulantes, tendo identificado 15 cidadãos estrangeiros, dos quais dois se encontravam em permanência irregular, tendo sido notificados para abandonar o país.

Na mesma nota enviada às redações, o SEF revela que “foram ainda instaurados dois processos de contra ordenação a dois cidadãos estrangeiros por se encontrarem a exercer uma atividade profissional independente sem habilitação para o efeito”.

Recorde-se que o Notícias ao Minuto tem vindo a publicar, nas últimas semanas, um conjunto de trabalhos sobre o trabalho ilegal de imigrantes em Ferreira do Alentejo e as acusações de tráfico de pessoas para trabalharem nas explorações agrícolas locais.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório