Meteorologia

  • 14 OUTUBRO 2019
Tempo
16º
MIN 13º MÁX 19º

Edição

Tomar: Incêndio que destruiu carro e feriu bombeiro chegou a Abrantes

Além do incidente com a viatura de combate terrestre há ainda a registar uma avaria mecânica num dos 11 meios aéreos, o que obrigou um avião a amarar na barragem de Castelo de Bode.

Quase 400 operacionais combatem o incêndio em Tomar, no distrito de Santarém, com o auxílio de 94 viaturas e 10 meios aéreos.

Segundo apurou o Notícias ao Minuto, uma viatura da corporação de Abrantes foi tomada pela chamas no teatro de operações, uma situação que causou ferimentos a um bombeiro.

O incêndio, recorde-se, deflagrou poucos minutos depois das 16h00 e, às 19h00, já havia passado o rio Zêzere e entrado nos concelhos de Abrantes e Constância, disse à agência Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Santarém.

Segundo a mesma fonte, o incêndio está a arder junto a algumas aldeias dos concelhos de Abrantes e Constância, nomeadamente Martinchel e Montalvo, depois de ter passado o rio Zêzere, junto à Barragem de Castelo de Bode. Porém, não está a colocar as populações em risco, não tendo sido necessário proceder a qualquer evacuação.

O fogo não tem uma frente muito extensa, em termos de largura, evoluindo em comprimento, referiu a mesma fonte, acrescentando que está a arder "com alguma intensidade em povoamento florestal".

O incêndio continua a arder em Tomar, mas é em Abrantes e em Constância que o fogo mais preocupa a Proteção Civil, com a intensidade do vento a ser "a grande dificuldade no terreno".

O incêndio provocou queimaduras num bombeiro, considerado ferido ligeiro, que já está a ser assistido no Hospital de Abrantes, afirmou fonte do CDOS de Santarém, esclarecendo que o veículo onde este operacional seguia "não ardeu".

Avião de combate às chamas teve que amarar na barragem

No âmbito do combate, um avião teve que amarar, devido a uma avaria mecânica.

Em comunicado enviado às redações, a Proteção Civil explica que um "avião anfíbio pesado (Canadair CL215), de indicativo operacional Alfa 2, do Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais, amarou esta tarde na Barragem de Castelo de Bode, após abortar a descolagem na sequência de uma operação de scooping".

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório