Meteorologia

  • 23 JULHO 2019
Tempo
20º
MIN 17º MÁX 23º

Edição

Diana Fialho, acusada de matar a mãe, vai a julgamento

A decisão foi tomada, esta sexta-feira, pelo juiz do Tribunal de Instrução do Barreiro.

Diana Fialho, acusada de matar a mãe, vai a julgamento

O juiz do Tribunal de Instrução Criminal do Barreiro decidiu levar a julgamento Diana Fialho, a mulher acusada de matar a própria mãe com a ajuda do marido.

Além de Diana, também Iuri Mata, o marido, vai ser julgado. Ambos são acusados, pelo Ministério Público, de assassinarem Amélia Fialho, a mãe adotiva de Diana.

O crime, recorde-se, remonta a setembro de 2018. Segundo a acusação, o casal combinou um jantar com a vítima, colocou-lhe fármacos na bebida que a fizeram dormir e depois, com um martelo, atingiram Amélia com vários golpes que levaram à sua morte.

Depois, transportaram o cadáver um terreno agrícola e atearam-lhe fogo com recurso a gasolina.

Diana Fialho deu o alerta para o desaparecimento da mãe, tendo, inclusive dado entrevistas aos órgãos de comunicação social a pedir ajuda para encontrar a mãe.

Quatro dias após o crime o corpo da vítima foi encontrado e, dois dias volvidos, Diana e Iuri foram detidos pela Polícia Judiciária e presentes a tribunal, tendo ficado em prisão preventiva desde então.

Amélia Fialho tinha 59 anos e era professora de Físico-Química na Escola Secundária do Montijo. A relação com a filha era conturbada, o que já havia levado a docente a apresentar queixa contra Diana, por alegadas agressões, em 2014.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório