Meteorologia

  • 15 DEZEMBRO 2019
Tempo
15º
MIN 12º MÁX 17º

Edição

Feira de doçaria conventual de Portalegre reúne 40 doceiros de 3 países.

Cerca de 40 doceiros de Portugal, Espanha e França são esperados na 19.ª edição da Feira de Doçaria Conventual e Tradicional de Portalegre, que vai decorrer de 05 a 07 de abril, anunciaram hoje os promotores.

Feira de doçaria conventual de Portalegre reúne 40 doceiros de 3 países.

Conhecida em tempos como a 'cidade dos sete conventos', devido à sua tradição religiosa, Portalegre possui um vasto número de receitas de doces conventuais, com origens remotas, que estão guardadas a "sete chaves" pelas doceiras.

Após ter decorrido durante várias edições no Convento de São Bernardo, a feira regressa este ano ao Convento de Santa Clara, recentemente requalificado, numa iniciativa do município, com o apoio da Associação de Produtores para a Valorização e Qualificação dos Produtos Tradicionais Portugueses (QUALIFICA).

"Este ano, a feira vai decorrer no Convento de Santa Clara, que foi requalificado, está muito bonito e resolvemos voltar a este emblemático convento", disse a presidente da Câmara de Portalegre, Adelaide Teixeira, em declarações à agência Lusa.

Além dos doces e licores, o programa tem também para oferecer os ateliers "mãos na massa", vocacionados para os mais pequenos, existindo ainda um outro espaço lúdico dedicado às crianças, enquanto os pais visitam o certame.

"Este ano, voltamos também fazer um 'circuito doce, cultural e literário', uma vez que estamos a assinalar os 50 anos da morte do poeta José Régio. Este circuito sai da Casa Museu José Régio e termina na feira de doçaria, passando pelos pontos de interesse onde o poeta acabava por estar, desde o Café Central à Pensão 21", adiantou.

Uma exposição de tabuleiros antigos e os tradicionais concursos de doces e licores são outros dos atrativos do certame.

"Vamos também promover este ano uma quinzena gastronómica, entre os dias 01 e 14 de abril, tendo sido lançado um repto aos restaurantes da cidade para que insiram nas suas ementas, a nível das sobremesas, doces tradicionais e conventuais para divulgar este património único que é de Portalegre e do país", acrescentou.

A animação está também garantida durante os três dias de feira, através de grupos locais e pela Associação Cultural Danças Com História, que vai apresentar um espetáculo com danças do século XVI.

"Portalegre volta a ser a capital do doce, com qualidade, uma vez que não nos podemos esquecer que este certame é feito com a QUALIFICA. A seleção dos produtos e dos produtores é feita por esta associação e, por isso mesmo, esta é a única feira do género que é qualificada a nível nacional", sublinhou.

O preço das entradas na feira vai ser de um euro, podendo os visitantes com esse ingresso entrar também nos museus daquela cidade alentejana.

"Pode acontecer também o contrário, ou seja, comprar um bilhete nos museus e ter acesso à feira com esse ingresso. O preço do bilhete é de um euro e reverte a favor de algumas entidades", disse.

Na Feira de Doçaria Conventual e Tradicional podem ser saboreados vários doces, como barrigas de freira, pães de rala, toucinhos-do-céu, fidalgos, ovos-moles, castanhas de ovos, rebuçados de ovos e amêndoas de Portalegre, pastéis de Belém e de Tentúgal, Lampreia de Amêndoa, fartes, queijinhos do céu e cornucópias, entre outros.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório