Meteorologia

  • 17 NOVEMBRO 2018
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 15º

Edição

João Rendeiro condenado a cinco anos de prisão com pena suspensa

O antigo presidente do Banco Privado Português (BPP) foi condenado pelos crimes de falsidade informática e falsificação de documentos.

João Rendeiro condenado a cinco anos de prisão com pena suspensa

João Rendeiro, antigo presidente do Banco Privado Português (BPP), foi condenado, esta segunda-feira, a cinco anos de prisão com pena suspensa pelos crimes de falsidade informática e falsificação de documentos, avança a SIC Notícias.

A televisão de Carnaxide adianta também que Rendeiro vai ter ainda de pagar 400 mil euros à Associação Crescer.

Outros três antigos administradores do BPP também foram condenados a prisão com penas suspensas, como é o caso de Paulo Guichard que foi, por sua vez, condenado a quatro anos e três meses suspensa na sua execução se pagar 25 mil euros à associação.

O colapso do BPP, banco vocacionado para a gestão de fortunas, verificou-se em 2010, já depois do caso BPN e antecedendo outros escândalos na banca portuguesa.

O BPP originou ainda outros processos judiciais, um por suspeitas de burla qualificada e outro relacionado com multas aplicadas pelas autoridades de supervisão bancárias.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório