Meteorologia

  • 19 JULHO 2024
Tempo
29º
MIN 19º MÁX 32º

Tony Blair sugere nova votação após se conheceram termos do "divórcio"

Antigo primeiro-ministro britânico acredita que só assim as pessoas poderão votar em condições.

Tony Blair sugere nova votação após se conheceram termos do "divórcio"
Notícias ao Minuto

09:25 - 24/10/17 por Pedro Filipe Pina

Mundo Ex-governante

O processo confirmou-se e vai mesmo avançar: a partir de março de 2019 o Reino Unido deixará de fazer parte em definitivo da União Europeia.

Tony Blair, ex-primeiro-ministro britânico, que se opôs à saída britânica da comunidade europeia, acredita que deve haver uma nova votação. Uma em que os britânicos estejam mais informados sobre o que esperar desta relação.

Foi ao The National que o antigo governante explicou a sua posição, defendendo que deve haver uma nova votação a nível nacional.

"O que é importante é que não votemos sobre o divórcio antes de conhecermos os termos da nova relação", explicou, acrescentando de seguida que esta votação poderia "ser uma eleição, poderia ser um referendo". O importante é que fosse a população a ter a "última palavra" sobre a matéria.

Recorde-se que foi a 23 de junho do ano passado que os britânicos votaram favoravelmente, em referendo, à saída do país da União Europeia. Reino Unido e União Europeia continuam em negociações para definir como será este "divórcio" mas também como será a relação entre o Reino Unido e a União Europeia, quando os 'papéis do divórcio' forem assinados em definitivo.

Recomendados para si

;
Campo obrigatório