Meteorologia

  • 18 AGOSTO 2019
Tempo
19º
MIN 18º MÁX 21º

Edição

Pais deixam bebé recém-nascida morrer por recusarem medicina convencional

O caso aconteceu no Oregon e tem a ver com religião.

Pais deixam bebé recém-nascida morrer por recusarem medicina convencional

Sarah Mitchell e Travis Lee Mitchel, de 24 e 21 anos, respetivamente, estão a ser acusados da morte da sua própria filha, horas depois do nascimento, por terem recusados tratamentos médicos por questões religiosas.

O casal de Oregon faz parte da Followers of Christ Church (conhecida como Igreja dos Seguidores de Cristo, em português), e acredita que a oração e a aplicação de óleos com propriedades curativas resultam para curar problemas de saúde, desprezando a medicina convencional.

Estas crenças levaram uma das gémeas a morrer, depois de um parto em casa, e sem acompanhamento de profissionais de medicina convencional. A bebé nasceu antes do tempo previsto e alguns dos órgãos não estavam suficientemente desenvolvidos, nomeadamente os pulmões.

A menina precisava da ajuda de máquinas para respirar e não sobreviveu sem estas, depois de os pais recusarem chamar os serviços de emergência.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório