Um polícia morto e dois gravemente feridos em tiroteio no centro de Paris

Ministério do Interior francês afasta hipótese de um assalto que correu mal, ainda sem adiantar a motivação para este ato criminoso mas encarando-o como um "ataque terrorista".

© Twitter/arthurberdah
Mundo França

Ao contrário do que foi inicialmente avançado por vários meios de comunicação franceses, não se confirma a morte de um segundo polícia baleado no tiroteio desta quinta-feira no centro de Paris.

PUB

Num novo balanço das vítimas feito por Pierre Henry Brandet, porta-voz do Ministério do Interior, foi confirmada apenas a morte de um polícia e do atacante. Outros dois polícias terão ficado feridos com gravidade na sequência do tiroteio.

Pierre Henry Brandet descreveu às autoridades os primeiros momentos do ataque que teve lugar esta quinta-feira na Avenida dos Campos Elísios, no centro de Paris, pelas 21h00 (20h00 em Lisboa).

De acordo com o governante, um homem saiu de um veículo, armado com uma AK-47, e começou a disparar contra um carro da polícia estacionado numa área próxima da estação de metro Franklin Roosevelt, no centro da artéria francesa.

Um agente da polícia morreu e outros dois ficaram feridos com gravidade. Na troca de tiros, o atirador foi morto, havendo a indicação de que um outro suspeito terá fugido do local.

A hipótese de um assalto que correu mal parece ser afastada pelo responsável. “Posso afirmar, de acordo com as primeiras conclusões, que os agentes da polícia eram visados diretamente”, indicou Pierre Henry Brandet.

Entretanto, já foi anunciado que o gabinete de anti-terrorismo francês vai abrir uma investigação ao caso. O aparato policial continua intenso, com colunas de veículos da polícia e dos serviços de emergência no local.

[Notícia atualizada às 22h15]

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias Ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser