Meteorologia

  • 24 JULHO 2024
Tempo
35º
MIN 20º MÁX 37º

Viúva de Navalny integrada em lista "terroristas e extremistas" na Rússia

A Rússia inscreveu numa lista de "terroristas e extremistas" Iulia Navalnaya, viúva de Alexei Navalny, o líder da oposição russa que morreu em fevereiro numa prisão no Ártico.

Viúva de Navalny integrada em lista "terroristas e extremistas" na Rússia
Notícias ao Minuto

15:53 - 11/07/24 por Lusa

Mundo Rússia

Dois dias depois de ter sido emitido um mandado de captura contra si, Yulia Navalnaya aparece na lista mantida pela 'Rosfinmonitoring', o serviço de informações financeiras da Rússia, segundo a agência noticiosa AFP.

 

Na terça-feira, a justiça russa anunciou que Iulia Navalnaya, que vive no estrangeiro, era alvo de um mandado de captura por "participação num grupo extremista".

"Que rapidez! (...) Se são assim tão diligentes, é porque Iulia Navalnaya está a fazer tudo bem", gracejou na rede social X (antigo Twitter) o antigo porta-voz de Alexei Navalny, Kira Iarmych, que também está no exílio.

Navalnaya, que prometeu continuar a causa do marido a partir do exílio, acusa o Presidente russo, Vladimir Putin, de ser responsável pela morte de Alexei Navalny e afirma que o seu poder se baseia em "desinformação, mentiras, enganos e provocações".

Navalny morreu subitamente a 16 de fevereiro, um mês antes das eleições presidenciais de 17 de março, em que Putin era o candidato favorito, depois de dar um passeio na penitenciária IK-3 na cidade ártica de Jarp , de acordo com as autoridades prisionais.

A oposição russa acusa o Kremlin de estar por trás da sua morte, enquanto Putin afirma que se tratou de uma morte natural.

Leia Também: Perspetiva de conflito direto entre NATO e Rússia "é preocupante"

Recomendados para si

;
Campo obrigatório