Meteorologia

  • 23 JULHO 2024
Tempo
34º
MIN 23º MÁX 38º

Idosa de 71 anos morre em Espanha após contrair o vírus do Nilo

A vítima foi internada no hospital a 5 de julho, depois de ter apresentado sintomas, e morreu na passada terça-feira.

Idosa de 71 anos morre em Espanha após contrair o vírus do Nilo
Notícias ao Minuto

22:21 - 10/07/24 por Notícias ao Minuto

Mundo Andaluzia

O Ministério da Saúde e do Consumo de Andaluzia, em Espanha, anunciou a morte de uma mulher de 71 anos com o vírus do Nilo Ocidental (VNO). É um dos dois casos registados este verão.

Em comunicado a que o 20 Minutos teve acesso, o ministro deu conta que as amostras, enviadas para o laboratório do Hospital Universitário Virgen de las Nieves de Granada, deram positivo.

A vítima de 71 anos foi internada no hospital a 5 de julho, depois de ter apresentado sintomas, e morreu na passada terça-feira.

O outro caso é o de um homem de 72 anos, que também foi internado a 5 de julho, e teve alta na quarta-feira. Ambos foram hospitalizados no Hospital Universitário de Valme, em Sevilha.

O ministério notificou a Câmara Municipal de Dos Hermanas, um município de Espanha na província de Sevilha, da mudança de nível de risco de 3 para 5, o que implica uma "ação urgente" sobre a população de mosquitos adultos do género Culex, bem como uma "intensificação" do Plano Municipal que esta cidade tem em vigor desde 2021.

O objetivo é aumentar a comunicação à população sobre medidas preventivas, que serão discutidas numa reunião de coordenação, tal como previsto no Programa de vigilância e controlo da febre do Nilo na Andaluzia.

A infeção por VNO é transmitida por mosquitos do género Culex. A doença afeta países do sul, do leste e do oeste da Europa.

O vírus é transmitido entre aves através da picada de mosquitos infetados, o que constitui o seu ciclo natural. Os seres humanos e outros mamíferos podem ser infectados de forma colateral, sem que haja transmissão posterior a partir deles.

Cerca de 80% das infecções por VNO nos seres humanos são assintomáticas, sendo a febre do Nilo Ocidental (FNO) a apresentação clínica mais comum. Os idosos e as pessoas imunocomprometidas correm um risco acrescido de desenvolver o VNO.

As autoridades de saúde têm insistido na necessidade de a população manter medidas preventivas para evitar picadas de mosquitos durante as horas de maior atividade das espécies que transmitem esta doença (por volta da madrugada).

Leia Também: Oito detidos após rixa entre adeptos da Sérvia e Inglaterra antes do jogo

Recomendados para si

;
Campo obrigatório