Meteorologia

  • 20 JULHO 2024
Tempo
20º
MIN 20º MÁX 28º

Mulher de cirurgião morre após ser operada pelo marido. Médico detido

Hillary sofreu paragem cardiorrespiratória durante procedimento cirúrgico.

Mulher de cirurgião morre após ser operada pelo marido. Médico detido
Notícias ao Minuto

11:24 - 21/06/24 por Notícias ao Minuto

Mundo cirurgião

Um cirurgião plástico da Florida, nos Estados Unidos, foi condenado pela morte da mulher, que morreu dias depois de ter sido operada por ele.

A mulher,  Hillary Brown, sofreu uma paragem cardíaca durante um procedimento estético na clinica que pertencia ao seu marido, tendo sido transportada para o hospital, onde esteve internada e acabou por morrer uma semana depois.

No mês passado, o Departamento de Saúde da Florida apresentou uma queixa administrativa ao Conselho de Medicina do Estado, pedindo sanções contra o cirurgião, que iam desde a revogação à suspensão da sua licença. A queixa envolvia o caso da sua mulher e outros casos.

O ABC News revela que, sem a supervisão do seu marido ou de qualquer outro profissional de saúde, Hillary Brown preparou a sua própria anestesia local e encheu sacos intravenosos para os procedimentos que ia fazer e que incluíam uma lipoaspiração do braço, injeções nos lábios e um ajustamento da orelha.

Durante a operação, a mulher disse estar a sentir-se mal, antes de ficar inconsciente. A assistente de Brown terá sugerido ligar para o 112, mas foi impedida pelo médico, que continuou a operá-la e só quando percebeu que os seus batimentos cardíacos estavam a parar é que decidiu alertar as autoridades.

Benjamin Brown foi detido na segunda-feira sob a acusação de homicídio por negligência culposa.

Leia Também: Daniel Sancho não voltou a Espanha após matar cirurgião. Há um motivo

Recomendados para si

;
Campo obrigatório