Meteorologia

  • 22 JULHO 2024
Tempo
28º
MIN 18º MÁX 37º

Enviado dos EUA discute em Israel tensão com Hezbollah

Os Estados Unidos discutiu hoje junto das autoridades de Israel a necessidade de "restaurar a segurança na fronteira norte", no contexto da escalada de tensão com o Hezbollah, no Líbano, anunciou a Presidência israelita.

Enviado dos EUA discute em Israel tensão com Hezbollah
Notícias ao Minuto

18:54 - 17/06/24 por Lusa

Mundo EUA

De acordo com um comunicado da Presidência israelita, o enviado da Casa Branca Amos Hochstein discutiu com o Presidente israelitam Isaac Herzog, "a necessidade urgente de restaurar a segurança na fronteira norte e permitir que os residentes regressem às suas casas em segurança".

Hochstein deverá se encontrou com o primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, e deverá reunir-se ainda hoje com o ex-ministro do Gabinete de Guerra Benny Gantz, e com o líder da oposição israelita, Yair Lapid.

A viagem do mediador norte-americano ocorre no mesmo dia em que Netanyahu anunciou a dissolução do Gabinete de Guerra - mecanismo criado em 11 de outubro para tomar decisões sobre a operação militar na Faixa de Gaza - na sequência da demissão de Gantz na semana passada.

Decisões sensíveis sobre a guerra serão tomadas num fórum de consulta mais restrito, no qual participarão o ministro da Defesa, Yoav Gallant; o ministro dos Assuntos Estratégicos, Ron Dermer; o chefe do Conselho de Segurança Nacional, Tzachi Hanegb; e o líder ultraortodoxo do partido Shas, Arieh Deri, do círculo íntimo de Netanyahu.

Entretanto, a tensão com o grupo xiita Hezbollah na fronteira norte está a aumentar, alimentando o receio da eclosão de um conflito aberto no sul do Líbano.

Desde o início das hostilidades, um dia após o início da guerra na Faixa de Gaza, o Hezbollah lançou mais de 5.000 foguetes, mísseis antitanque e 'drones' explosivos contra Israel.

Hoje de manhã, Israel intercetou um 'drone' que entrou no seu espaço aéreo próximo à cidade do Acre, um dos principais centros populacionais do norte; enquanto no domingo Israel bombardeou quatro infraestruturas militares do Hezbollah em Chaqra, Taybeh, Mehabib e Kfarkela.

Leia Também: Ataque seletivo israelita mata membro do Hezbollah no Líbano

Recomendados para si

;
Campo obrigatório