Meteorologia

  • 12 JULHO 2024
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 27º

Ministro das Comunicações brasileiro acusado de corrupção passiva

Juscelino Filho foi formalmente acusado por aceitar subornos, lavagem de dinheiro e participação em organização criminosa.

Ministro das Comunicações brasileiro acusado de corrupção passiva
Notícias ao Minuto

23:22 - 12/06/24 por Notícias ao Minuto

Mundo Brasil

A Polícia Federal do Brasil acusou formalmente o ministro das Comunicações, Juscelino Filho, de corrupção passiva e outros crimes, de acordo com informações avançadas esta quarta-feira por fontes anónimas, reporta a agência Reuters.

Assim, o governante é o primeiro membro do atual gabinete do presidente Luiz Inácio Lula da Silva a enfrentar este tipo de acusações.

Juscelino Filho foi investigado num inquérito sobre a alegada corrupção na Codevasf, uma agência de desenvolvimento ligada ao governo para a região do São Francisco e do Parnaíba, no nordeste do Brasil.

O ministro negou qualquer irregularidade, através de um comunicado, referindo que a investigação da Polícia Federal tem uma "motivação política".

De acordo com a Reuters, no Brasil, a polícia pode fazer denúncias com base nas próprias investigações antes que o Ministério Público apresente as suas acusações em tribunal.

De acordo com as fontes anónimas, o ministro foi formalmente acusado por aceitar subornos, lavagem de dinheiro e participação em organização criminosa.

Juscelino Filho, antigo legislador da câmara baixa em representação do estado do Maranhão, é ministro das Comunicação do governo de Lula desde janeiro do ano passado.

De recordar que os dois primeiros mandatos de Lula como presidente do Brasil, entre 2003 e 2010, foram marcados por escândalos de corrupção, tendo o próprio sido detido em 2018. No entanto, a sua condenação foi posteriormente anulada pelo Supremo Tribunal.

Leia Também: Lula da Silva volta a defender exploração de petróleo na foz do Amazonas

Recomendados para si

;
Campo obrigatório