Meteorologia

  • 14 JULHO 2024
Tempo
23º
MIN 15º MÁX 26º

Aos 98 anos, Allen deverá ser o mais velho dador de órgãos dos EUA

O fígado do idoso foi transplantado com sucesso para uma mulher de 72 anos.

Aos 98 anos, Allen deverá ser o mais velho dador de órgãos dos EUA
Notícias ao Minuto

20:37 - 12/06/24 por Notícias ao Minuto

Mundo EUA

Orville Allen morreu aos 98 anos depois de uma vida inteira de serviço e, mesmo após a morte, continuou a dar ao próximo. Segundo a ABC News, que cita organizações de transplantes, o idoso tornou-se o norte-americano mais velho de sempre a doar um órgão.

Natural de uma zona rural do Missouri, nos Estados Unidos, Allen foi um veterano da Segunda Guerra Mundial e da Guerra da Coreia.

Morreu a 29 de maio, dois dias após sofrer uma queda enquanto recolhia destroços de uma tempestade em sua casa. No dia em que foi declarado o óbito, o seu fígado foi transplantado com sucesso para uma mulher de 72 anos.

À ABC News, a filha de Allen, Linda Mitchelle, contou que o idoso caiu e bateu com a parte de trás da cabeça. Ainda foi helitransportado para um hospital, mas o inchaço no seu cérebro já era irreversível. 

A família foi então questionada sobre se ponderava doar o fígado do idoso, que, apesar da idade avançada, era aceitável para um transplante. Os filhos, que conheciam a forma de ser do pai, não hesitaram.

"Deixou de ser uma perda muito triste do nosso pai e passou a ser um pequeno raio de alegria, porque ele estava a fazer o que tinha feito toda a sua vida", disse Mitchelle. "Ele estava a dar mais uma prenda."

Allen foi casado com a sua mulher, Geraldine, durante 70 anos. Juntos tiveram três filhos, três netos e seis bisnetos. A mulher morreu em 2019 e o idoso nunca chegou a inscrever-se para ser dador de órgãos, mas a família não deixou que isso fosse impedimento. 

Leia Também: Autoridades investigam 16 pessoas por cânticos nazi em Munique

Recomendados para si

;
Campo obrigatório