Meteorologia

  • 24 JUNHO 2024
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 29º

Qatar Airways investiga turbulência em voo. Há 8 hospitalizados

Um voo de Doha, no Qatar, para Dublin, na Irlanda, atravessou um período de turbulência e, apesar de ter aterrado em segurança, o episódio causou alguns ferimentos a passageiros e tripulação.

Qatar Airways investiga turbulência em voo. Há 8 hospitalizados
Notícias ao Minuto

19:44 - 26/05/24 por Teresa Banha

Mundo Qatar Airways

A Qatar Airways emitiu, este domingo, um comunicado no qual confirmou o incidente com um voo que seguia para a Europa, que causou ferimentos a "passageiros e tripulantes".

"A Qatar Airways confirma que o voo QR017, um Boeing B787-9, de Doha para Dublin aterrou em segurança. Um pequeno número de passageiros e tripulantes tinham ferimentos ligeiros e estão agora a receber tratamento médico", começaram por explicar os responsáveis pela companhia aérea.

"O assunto está agora a ser objeto de uma investigação interna. A segurança e a proteção dos nossos passageiros e da nossa tripulação são a nossa principal prioridade", remataram numa publicação partilhada na rede social X (antigo Twitter).

Segundo os responsáveis aeroportuários, o voo sofreu turbulência quando passava pela Turquia e, segundo a imprensa, seis passageiros e seis tripulantes terão sofrido ferimentos.

O aeroporto de Dublin, na Irlanda, confirmou, mais tarde, que oito passageiros foram levados para o hospital. "Todos os passageiros foram avaliados quanto a ferimentos antes de desembarcarem do avião. Oito passageiros foram posteriormente levados para o hospital", explicaram os responsáveis.

O incidente segue-se à morte de um britânico de 73 anos, no início desta semana, num voo que partiu de Londres com destino a Singapura, que sofreu fortes turbulências durante o percurso.

Mais de 100 pessoas ficaram feridas, 20 das quais estão nos cuidados intensivos com lesões na coluna vertebral.

O CEO da Singapore Airlines, Goh Choon Phong, pediu desculpas, oferecendo suas "mais profundas desculpas a todos os afetados" pela "extrema turbulência repentina". O governo de Singapura prometeu uma investigação completa.

Leia Também: Terror no céu. Tudo sobre o voo da Singapore Airlines que matou britânico

Recomendados para si

;
Campo obrigatório