Meteorologia

  • 21 JUNHO 2024
Tempo
22º
MIN 14º MÁX 24º

Idoso cumpre desejo antes de morrer: Ter o diploma do Ensino Secundário

Caso aconteceu no estado da Pensilvânia, nos Estados Unidos. Dois dias depois de cumprir o seu último sonho, Richard Remp morreu, aos 98 anos.

Idoso cumpre desejo antes de morrer: Ter o diploma do Ensino Secundário
Notícias ao Minuto

22:24 - 24/05/24 por Notícias ao Minuto

Mundo EUA

Um homem de 98 anos conseguiu cumprir o seu último sonho antes de morrer: Ter um diploma do Ensino Secundário.

O caso aconteceu no estado de Maryland, nos Estados Unidos, e é contado pelo jornal The Washington Post.

Richard Remp, de 98 anos, era um veterano da Marinha norte-americana, com uma carreira militar que começou durante a Segunda Guerra Mundial e terminou com um período na guerra do Vietnam.

A longa carreira levou, no entanto, a que 'Gunny', como o apelidavam os amigos, se tenha visto obrigado a desistir do Ensino Secundário em 1944, quando tinha apenas 17 anos. Nunca conseguiu, posteriormente, conquistar o tão desejado diploma.

Outros veteranos da Legião Americana em Poolesville, no estado Maryland, onde o idoso morava, procuraram ajudá-lo, então, a cumprir o seu sonho. Contactaram funcionários de uma escola na sua cidade natal - Sharon, na Pensilvânia - para saber se seria possível entregar um certificado honorário ao homem.

Com a deterioração da saúde de Remp no início de maio, o processo foi acelerado e a superintendente do distrito escolar de Sharon City, Justi Glaros, respondeu rapidamente ao chamado, permitindo cumprir o sonho do idoso.

"Ela só disse 'Estou a imprimir o diploma agora. Chego aí em quatro horas e meia'", disse Julien Singh, da Legião Americana de Poolesville, citando Glaros.

Assim, na passada sexta-feira, a superintendente fez-se à estrada com o diploma em mãos e protagonizou uma cerimónia de graduação na casa de Remp, onde o idoso se mostrou emocionado por poder cumprir o seu sonho, rodeado de amigos e família.

Durante a cerimónia, muito debilitado, o idoso disse apenas, citado pela ABC7: "Não imaginam o que isto significa para mim".

Dois dias depois, no domingo, o veterano de guerra morreu.

"A última coisa que desfrutou, em que pôde participar, foi esta cerimónia de entrega de diploma", disse Singh.

Quando soube da morte, Glaros admitiu que começou a chorar "instantaneamente". "Só chorei. Foi como se finalmente sentisse a emoção toda, porque era como se estivesse numa missão desde que me ligaram pela primeira vez", disse.

A Escola Secundária de Sharon, responsável pela emissão do diploma, vai fazer um minuto de silêncio em homenagem a Remp quando aconteça a cerimónia de graduação dos seus alunos, em junho.

O The Washington Post explica que a legislação do estado de Pensilvânia relativa ao ensino público permite a entrega de diplomas honorários a veteranos de guerra que foram dispensados ​​com honra, não se formaram devido ao alistamento e serviram na Segunda Guerra Mundial, na Guerra da Coreia ou na Guerra do Vietnam.

Leia Também: PJ detém dois estrangeiros por roubar idoso em Sintra. Ameaçaram com arma

Recomendados para si

;
Campo obrigatório