Meteorologia

  • 12 JUNHO 2024
Tempo
16º
MIN 15º MÁX 23º

Presidente da República Dominicana reclama reeleição à primeira volta

O Presidente da República Dominicana reclamou vitória à primeira volta nas eleições gerais, numa altura em que tinha quase 59% dos votos já contabilizados e em que os restantes candidatos já tinham concedido a derrota.

Presidente da República Dominicana reclama reeleição à primeira volta
Notícias ao Minuto

06:25 - 20/05/24 por Lusa

Mundo Luis Abinader

"A mensagem dos resultados é clara: as mudanças que fizemos serão irreversíveis", disse no domingo Luis Abinader. "Na República Dominicana, o melhor ainda está por vir", prometeu o candidato do Partido Revolucionário Moderno, que procurava um segundo mandato.

De acordo com dados da comissão eleitoral dominicana, Abinader tinha quase 59% dos votos, quando estavam contados mais de 25% dos votos.

O atual chefe de Estado tinha mais do dobro do segundo candidato mais votado, o antigo chefe de Estado dominicano Leonel Fernández, do partido Força Popular, que governou nos períodos 1996-2000, 2004-2008 e 2008-2012.

Tanto Fernández como o terceiro candidato mais popular, o antigo presidente da câmara baixa do parlamento, Abel Martínez, do Partido da Libertação Dominicana, já telefonaram a dar os parabéns a Abinader.

"Esta noite liguei por telefone ao Presidente Luis Abinader para reconhecer a sua vitória eleitoral e desejar-lhe sucesso na sua administração", disse Leonel Fernández na rede social X (antigo Twitter).

"Temos a certeza de que existe uma prioridade, que se chama República Dominicana" e para isso, "como dominicanos que amam este país, queremos contribuir", disse Abel Martínez, nas redes sociais.

Cerca de 8,1 milhões de eleitores foram chamados às urnas para eleições gerais que decorreram normalmente, embora os partidos da oposição tenham relatado uma série de pequenas irregularidades.

Os eleitores também escolheram no domingo os novos deputados (32 lugares) e senadores (190), assim como 20 deputados para o Parlamento Centro-Americano (Parlacen).

As eleições foram acompanhadas por uma missão de 84 pessoas de 19 nacionalidades da Organização dos Estados Americanos, liderada pelo ex-presidente do Chile Eduardo Frei.

O Panamá e a Venezuela já felicitaram Abinader, que assumiu o cargo em agosto de 2020, durante a crise da covid-19, pela reeleição.

O Presidente cessante do Panamá, Laurentino Cortizo, que deixará o cargo em julho, disse na rede social X que o país continua comprometido em "continuar a fortalecer os laços comuns de amizade e cooperação" com a República Dominicana.

Num comunicado, o Governo da Venezuela apelou a Abinader para transformar a "América Latina em um território de paz e prosperidade, unindo forças nos esforços para avançar na construção de um mundo multicêntrico e multipolar".

A República Dominicana ocupa uma parte da ilha de São Domingos, que divide com outro Estado, o Haiti, considerada a nação mais pobre das Américas.

Leia Também: Comissários de bordo levaram milhões da droga para a República Dominicana

Recomendados para si

;
Campo obrigatório