Meteorologia

  • 12 JUNHO 2024
Tempo
18º
MIN 15º MÁX 23º

Navio que causou queda da ponte de Baltimore será retirado segunda-feira

O navio porta-contentores que encalhou e causou a queda da ponte da cidade norte-americana de Baltimore em março será retirado na segunda-feira, um passo para desbloquear o acesso ao importante porto dos Estados Unidos, anunciaram hoje as autoridades.

Navio que causou queda da ponte de Baltimore será retirado segunda-feira
Notícias ao Minuto

19:36 - 19/05/24 por Lusa

Mundo EUA

O governador do Estado de Maryland, Wes Moore, congratulou-se hoje com os trabalhos em curso, no canal televisivo NBC News, afirmando esperar que o canal seja "reaberto até ao final de maio".

A 26 de março deste ano, o Dali, um navio de 300 metros com pavilhão de Singapura, sofreu uma avaria e embateu na ponte da autoestrada Francis Scott Key, que desabou em segundos, como um castelo de cartas.

Seis trabalhadores que efetuavam obras de reparação na ponte, todos imigrantes latino-americanos, morreram. Desde então, o porta-contentores Dali continua a bloquear parcialmente o canal de acesso ao importante porto de comércio da costa leste dos Estados Unidos.

As autoridades encarregadas da operação de retirada da embarcação do local informaram que o Dali estaria pronto para voltar a flutuar a partir do meio-dia de hoje (17h00 de Lisboa), antes de ser deslocado na maré-alta de segunda-feira, operação prevista para as 05h24 da manhã (12h24 de Lisboa).

Rebocadores transportarão o Dali a uma velocidade de cerca de 1,6 quilómetros por hora para um terminal marítimo próximo, o que deverá levar três horas.

A ponte Francis Scott Key servia um eixo rodoviário importante do nordeste dos Estados Unidos, ligando a capital, Washington D.C., à cidade de Nova Iorque.

Quanto ao porto de Baltimore, é um polo do comércio de veículos novos nos Estados Unidos, com cerca de 850.000 automóveis e camiões que por ali passaram no ano passado, mais do que qualquer outro porto norte-americano.

Leia Também: Destroços da ponte de Baltimore desabam após explosão. Eis as imagens

Recomendados para si

;
Campo obrigatório