Meteorologia

  • 23 JUNHO 2024
Tempo
23º
MIN 17º MÁX 30º

Líder supremo do Irão apela à calma após acidente com Presidente

O líder supremo do Irão, o 'ayatollah' Ali Khamenei, apelou hoje aos iranianos para "não se preocuparem" quando prosseguem as buscas do helicóptero do Presidente iraniano, Ebrahim Raisi, que se despenhou no noroeste do país.

Líder supremo do Irão apela à calma após acidente com Presidente
Notícias ao Minuto

19:29 - 19/05/24 por Lusa

Mundo Irão

"O povo do Irão não deve preocupar-se, não haverá interrupção das funções do país", disse Khamenei numa reunião com as famílias dos membros da Guarda Revolucionária em Teerão, segundo a agência de notícias IRNA.

O 'ayatollah' Khamenei disse esperar que "Deus traga o Presidente e os seus companheiros de volta aos braços da nação".

"Rezem, todos vós, pela saúde destes servidores", acrescentou.

As autoridades iraquianas, azeris, arménias e da Arábia Saudita ofereceram-se para ajudar na busca e salvamento do helicóptero, que se despenhou numa zona de difícil acesso perto da fronteira com o Azerbaijão e do qual não há notícias até ao momento.

O primeiro-ministro iraquiano, Mohamed Shia al Sudani, "ordenou ao Ministério do Interior, ao Crescente Vermelho iraquiano e a outras autoridades competentes que ofereçam à República Islâmica do Irão os recursos disponíveis para ajudar na busca do aparelho aéreo do Presidente iraniano", disse o porta-voz do governo, Basem al Auadi, segundo o IraqiNews.

O Presidente do Azerbaijão, Ilham Aliyev, também publicou na rede social X (antigo Twitter) que "como país vizinho, amigo e irmão, a República do Azerbaijão está pronta a prestar todo o tipo de apoio".

"A Arménia, como vizinho próximo e amigo do Irão, está pronta a oferecer todo o apoio necessário", declarou, por seu lado, o Ministério dos Negócios Estrangeiros arménio, em comunicado, enquanto Riade ofereceu "toda a assistência" para encontrar o Presidente Raisi.

"Afirmamos que o reino [saudita] está ao lado da República Islâmica do Irão nestas circunstâncias difíceis e que está pronto a prestar toda a assistência de que as autoridades iranianas necessitam", declarou em comunicado o Ministério dos Negócios Estrangeiros da Arábia Saudita, um país com uma rivalidade de longa data com o Irão.

O ministro da Administração Interna iraniano, Ahmad Vahidi, confirmou que um helicóptero que transportava o Presidente foi forçado a fazer uma "aterragem de emergência" e que está desaparecido.

O governante explicou que a aeronave, que transportava o Presidente no regresso de um evento formal no Azerbaijão, foi obrigado a descer devido a um denso nevoeiro.

As autoridades iranianas acreditam que o helicóptero se encontra na zona de Kalibar, a cerca de 30 quilómetros da fronteira com o Azerbaijão, onde o Presidente e a sua comitiva tinham participado na inauguração de uma barragem, acompanhando o Presidente azeri Ilham Aliyev.

A imprensa oficial acrescentou que o ministro dos Negócios Estrangeiros, Hossein Amir-Abdollahian, também se encontrava a bordo da aeronave.

A televisão estatal transmitiu imagens de uma equipa da organização Crescente Vermelho iraniana a subir uma encosta no meio de um denso nevoeiro, bem como imagens em direto de multidões de fiéis a recitar orações no santuário sagrado do Imã Reza em Mashhad, a cidade natal de Raisi.

Os trabalhos de busca estão a ser dificultados pelo nevoeiro e pela chuva.

Leia Também: Encontrado helicóptero onde seguia presidente do Irão. O que se sabe

Recomendados para si

;
Campo obrigatório