Meteorologia

  • 14 JUNHO 2024
Tempo
21º
MIN 15º MÁX 26º

Pelo menos 11 mortos em ataques da Rússia no nordeste da Ucrânia

Pelo menos 11 pessoas foram hoje mortas em ataques no nordeste da Ucrânia, à medida que as forças russas avançam com a sua nova ofensiva, noticiou a AP.

Pelo menos 11 mortos em ataques da Rússia no nordeste da Ucrânia
Notícias ao Minuto

17:10 - 19/05/24 por Lusa

Mundo Guerra na Ucrânia

Na região de Kharkiv, o foco da ofensiva, a Procuradoria Regional de Kharkiv informou que seis pessoas foram mortas e 27 ficaram feridas num ataque russo nos arredores da capital regional, também chamada Kharkiv.

O governador regional Oleh Syniehubov adiantou que mais cinco pessoas foram mortas e nove ficaram feridas num ataque ao distrito de Kupiansk, a sudeste da capital regional.

O Ministério da Defesa da Rússia anunciou hoje que as suas forças na área continuam "a avançar para as profundezas da defesa do inimigo".

O Estado-Maior da Ucrânia reconheceu que a Rússia tinha intensificado os seus ataques em torno de Kharkiv e que a situação era dinâmica.

A Rússia lançou uma ofensiva na região de Kharkiv no final da semana passada, aumentando significativamente a pressão sobre as forças ucranianas, que estão em desvantagem numérica e bélica e que aguardam, com atraso, a entrega de armas e munições cruciais por parte dos parceiros ocidentais.

As forças ucranianas, sobrecarregadas, estão a tentar travar a Rússia na nova frente, utilizando drones carregados de bombas para destruir veículos militares.

O Presidente russo, Vladimir Putin, declarou na sexta-feira, durante uma visita à China, que a ofensiva de Moscovo na região de Kharkiv visa criar uma zona tampão e proteger território fronteiriço russo, mas que não há planos para capturar a cidade.

Entretanto, a Ucrânia e a Rússia continuaram os ataques utilizando drones. Os oficiais da força aérea ucraniana disseram na manhã de hoje que as defesas aéreas abateram todos os 37 drones russos lançados contra o país durante a noite.

Na Rússia, as defesas aéreas russas abateram 57 drones ucranianos sobre a região de Krasnodar, no sul do país, durante a noite, informou o Ministério da Defesa russo.

As autoridades militares locais afirmaram que os destroços de um drone atingiram uma refinaria de petróleo na cidade de Slavyansk-on-Kuban, mas não houve incêndios ou danos.

A agência noticiosa Astra publicou vídeos que mostram uma explosão numna refinaria quando esta foi atingida por um drone, mas a sua veracidade não pode ser verificada de forma independente.

Nove mísseis balísticos de longo alcance e um drone foram destruídos sobre a península da Crimeia, ocupada pela Rússia, após o ataque maciço de um drone ucraniano na manhã de sexta-feira, que cortou a eletricidade na cidade de Sebastopol.

Outros três drones foram abatidos sobre a região de Belgorod, que faz fronteira com a Ucrânia. De acordo com o governador regional, Vyacheslav Gladkov, o telhado de uma igreja foi incendiado pela queda de destroços do drone, mas não houve vítimas.

O governador russo da região ucraniana de Kherson, parcialmente ocupada, Vladimir Saldo, afirmou que uma pessoa morreu e 16 ficaram feridas quando um drone ucraniano atingiu um miniautocarro na manhã de hoje.

Leia Também: Bombardeamentos matam 4 em Kharkiv e drones suspendem refinaria na Rússia

Recomendados para si

;
Campo obrigatório