Meteorologia

  • 14 JUNHO 2024
Tempo
17º
MIN 15º MÁX 26º

Bombardeamentos matam 4 em Kharkiv e drones suspendem refinaria na Rússia

Pelo menos quatro pessoas morreram hoje em bombardeamentos de Moscovo na cidade ucraniana de Kharkiv, enquanto uma refinaria de petróleo no sul da Rússia suspendeu as operações após ataques de seis drones, segundo autoridades locais.

Bombardeamentos matam 4 em Kharkiv e drones suspendem refinaria na Rússia
Notícias ao Minuto

12:20 - 19/05/24 por Lusa

Mundo Ucrânia

"Sabemos que quatro civis foram mortos. Pelo menos oito pessoas focaram feridas", afirmou o governador da região de Kharkiv, Oleg Synegoubov, citado pela agência France-Presse (AFP), acrescentando que as forças russas "atacaram a zona onde os habitantes estavam a descansar".

Segundo o responsável local, o bombardeamento atingiu o bairro de Malondanylivka, no noroeste da região.

O assalto a esta região foi lançado em 10 de maio e, depois de uma intensificação dos ataques aéreos, Moscovo alcançou alguns dos seus maiores ganhos territoriais em quase ano e meio.

Segundo o Presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, desde então, as forças invasoras russas avançaram entre cinco e 10 quilómetros ao longo da fronteira nordeste.

Kharkiv, capital da região, é a segunda maior cidade da Ucrânia e contava mais de 1,4 milhões de habitantes antes da guerra desencadeada com a invasão russa de fevereiro de 2022.

Do lado russo, durante a manhã, as autoridades locais anunciaram a suspensão da atividade de uma refinaria de petróleo em Krasnodar, depois de um ataque por seis veículos aéreos não tripulados (drones).

"Seis drones caíram no território da refinaria em Slaviansk-on-Kuban", escreveu o responsável local da região administrativa de Slaviansk, Roman Siniagovski, na plataforma de troca de mensagens Telegram.

A refinaria, do grupo Slaviansk EKO, é uma das maiores no sul da Rússia.

À Interfax, o chefe de segurança da refinaria, Eduard Trutnev, disse que a fábrica "está atualmente parada" e que estão a "avaliar os danos" causados pelos ataques.

Segundo o Ministério da Defesa da Rússia, 57 drones ucranianos foram intercetados desde a noite de sábado em Krasnodar.

Além desta região, também foram registados ataques aéreos ucranianos em Belgorod e na península da Crimeia, anexada pela Rússia em 2014.

Leia Também: Dez mil pessoas retiradas de Kharkiv devido a ataques militares russos

Recomendados para si

;
Campo obrigatório