Meteorologia

  • 21 JUNHO 2024
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 24º

Três turistas espanhóis mortos a tiro no Afeganistão. Sánchez "chocado"

Um cidadão afegão também morreu no ataque. Outros "quatro estrangeiros e três afegãos ficaram feridos", adiantou o Ministério do Interior do país.

Três turistas espanhóis mortos a tiro no Afeganistão. Sánchez "chocado"
Notícias ao Minuto

20:57 - 17/05/24 por Notícias ao Minuto

Mundo Afeganistão

Três turistas espanhóis e um cidadão afegão foram mortos a tiro, esta sexta-feira, na cidade de Bamiyan, no centro do Afeganistão. A informação avançada pela agência de notícias Agence France-Presse (AFP) e o primeiro-ministro espanhol, Pedro Sánchez, já afirmou estar "chocado" com o sucedido.

O porta-voz do Ministério do Interior do Afeganistão, Adbul Mateen Qani, confirmou que "três estrangeiros e um afegão foram mortos" e outros "quatro estrangeiros e três afegãos ficaram feridos" num ataque na cidade turística, sem especificar a nacionalidade das vítimas.

No entanto, de acordo com a AFP, que cita fontes hospitalares, três das vítimas mortais têm nacionalidade espanhola e os feridos são noruegueses, australianos, lituanos e espanhóis.

"Infelizmente, esta noite, na cidade de Bamyan, houve um tiroteio contra o público, no qual foram mortos três estrangeiros, incluindo um afegão, e quatro estrangeiros, incluindo três afegãos, ficaram feridos", anunciou Abdul Mateen Qani, na rede social X (antigo Twitter), acrescentando que, até ao momento, foram detidas quatro pessoas. 

"O Estado Islâmico do Afeganistão condena veementemente este acidente, expressa os seus profundos sentimentos às famílias das vítimas e garante que todos os criminosos serão encontrados e punidos", acrescentou.

Também na rede social X, o primeiro-ministro de Espanha afirmou estar "chocado com a notícia do assassinato de turistas espanhóis no Afeganistão".

"Estou a acompanhar de perto a situação. A Unidade de Emergência Consular do Ministério dos Negócios Estrangeiros está a trabalhar para prestar toda a assistência necessária", acrescentou, transmitindo "todo o afeto às famílias e amigos".

O ataque ocorreu no principal destino turístico do Afeganistão, onde se encontram os Budas gigantes de Bamyan, destruídos pelos talibãs em março de 2001, e é o primeiro contra cidadãos estrangeiros desde que os talibãs regressaram ao poder, em agosto de 2021.

[Notícia atualizada às 21h17]

Leia Também: Afeganistão. Três estrangeiros e um afegão mortos a tiro em Bamiyan

Recomendados para si

;
Campo obrigatório