Meteorologia

  • 28 MAIO 2024
Tempo
24º
MIN 14º MÁX 27º

Palma. 4 homens condenados a total de 138 anos de prisão por violar menor

Além das penas de prisão, todos os suspeitos ficaram proibidos de se comunicar e aproximar a menos de 500 metros da vítima durante 20 anos.

Palma. 4 homens condenados a total de 138 anos de prisão por violar menor
Notícias ao Minuto

19:32 - 15/05/24 por Notícias ao Minuto

Mundo Espanha

Quatro homens foram condenados a 138 anos de prisão por uma violação em grupo a uma menor numa casa de habitação em Palma, Espanha.

O julgamento dos quatro suspeitos decorreu na sexta-feira da semana passada e esta segunda-feira, durante o qual todos eles negaram os factos e apenas aceitaram responder aos seus advogados de defesa, revelou a Europa Press.

A Segunda Secção do Tribunal Provincial das Ilhas Baleares condenou o principal arguido a 50 anos de prisão e uma multa de 540 euros por quatro crimes de abuso sexual e um crime de incentivo à prostituição forçada de uma menor.

Outros dois arguidos ficaram sujeitos a 32 anos de prisão por quatro crimes de abuso sexual e, por último, um indivíduo recebeu uma pena de 24 anos de prisão por quatro crimes de abuso sexual.

Além das penas de prisão, todos eles ficaram proibidos de se comunicar e aproximar a menos de 500 metros da vítima durante 20 anos, assim como deverão indemnizá-la num montante de 100.000 euros.

Os magistrados atentam na "gravidade dos factos" que "encerra em si uma forte reprovação penal", destacando a intensidade da lesão e a reiteração da conduta, "obrigando a menor a suportar atos que não só eram impróprios para a sua idade", assim como "o medo que lhe foi incutido".

Neste sentido, os abusos "foram especialmente humilhantes e vexatórios" para a vítima, tendo os arguidos "aproveitado o facto de a menor se encontrar numa situação de especial vulnerabilidade que foi facilmente percebida por eles, causando-lhe a chocante situação traumática vivida" e cujos "prejuízos serão de difícil reparação".

Contudo, esta decisão ainda não é definitiva, podendo a defesa dos agora condenados interpor um recurso para o Tribunal Superior de Justiça das Ilhas Baleares (TSJIB).

Leia Também: "Constrangeu as vítimas". Preventiva por crimes de violação em Loulé

Recomendados para si

;
Campo obrigatório