Meteorologia

  • 24 MAIO 2024
Tempo
14º
MIN 13º MÁX 25º

Ucrânia receberá componentes de centrais térmicas da Alemanha e Lituânia

A Ucrânia vai receber componentes de centrais térmicas encerradas na Alemanha e na Lituânia para reparar as infraestruturas danificadas pelos ataques russos, disse hoje o ministro ucraniano da Energia, Herman Galushchenko.

Ucrânia receberá componentes de centrais térmicas da Alemanha e Lituânia
Notícias ao Minuto

13:31 - 21/04/24 por Lusa

Mundo Guerra na Ucrânia

O vice-chanceler alemão Robert Habeck ofereceu-se, durante a sua visita a Kiev esta semana, para analisar "as instalações encerradas na Alemanha, que também podem ser utilizadas", disse Galushchenko em declarações televisivas, citadas pela agência EFE, referindo-se às centrais encerradas como parte do plano alemão de dizer adeus ao carvão.

"A nossa equipa de especialistas na Lituânia está atualmente a analisar o equipamento existente nas antigas centrais térmicas que podemos utilizar para a reconstrução da Ucrânia", disse ainda Galushchenko.

Este responsável afirmou que esta é uma boa opção, porque mesmo que Kiev encomendasse agora novos componentes de fábrica para reparar as suas centrais, estes não poderiam ser fornecidos antes do próximo inverno.

Galushchenko admitiu que, após os recentes ataques russos às infraestruturas energéticas ucranianas, a situação é complicada e que algumas das instalações destruídas nem sequer puderam ser limpas dos escombros para verificar os danos.

No entanto, o ministro garantiu à população que, mesmo no pior dos cenários, não haverá um "apagão total", apesar de a Rússia ter destruído nas últimas semanas algumas das centrais elétricas mais importantes da Ucrânia e, portanto, 80% da capacidade de produção térmica do país.

Leia Também: Forças de Kyiv podem sofrer novos "revezes" até chegada de ajuda dos EUA

Recomendados para si

;
Campo obrigatório