Meteorologia

  • 27 MAIO 2024
Tempo
14º
MIN 14º MÁX 22º

Tribunal decide dar custódia partilhada de cadela a casal que se separou

A decisão que ocorreu em New Westminster, no Canadá, é a primeira do género depois de uma nova lei ser implementada, que reconheceu os animais de estimação como membros da família.

Tribunal decide dar custódia partilhada de cadela a casal que se separou
Notícias ao Minuto

22:34 - 19/04/24 por Notícias ao Minuto

Mundo Canadá

Um tribunal canadiano decidiu que a guarda de uma cadela golden retriever deveria ser compartilhada por uma mulher, que queria que o animal ficasse aos seus cuidados, e pelo ex-namorado. A decisão que ocorreu em New Westminster, no Canadá, é a primeira do género depois de uma nova lei ser implementada, que reconheceu os animais de estimação como membros da família.

De acordo com a CBS News, o juiz ordenou que a custódia de Stella fosse dividida igualmente, passado o animal a estar uma semana com cada um dos donos. "Tanto a requerente como o réu demonstraram uma profunda preocupação com o bem-estar da Stella, e estou convencido de que, dadas as circunstâncias, a custódia deve ser partilhada", disse Scott Nielsen.

Sahar Bayat, enfermeira, e seu ex-namorado, Omid Mavedati, veterinário, compraram o cão em agosto de 2020. Na altura moravam juntos, mas o casal separou-se em fevereiro de 2023.

Anteriormente, neste tipo de casos, a justiça considerava que o animal deveria ficar com quem o tivesse comprado. Com a nova lei, o tribunal passa a considerar outros fatores, como quem cuidava do cão e o vínculo afetivo com o animal. 

Leia Também: Mãe mostra como gato mudou vida da sua filha e emociona internet

Recomendados para si

;
Campo obrigatório