Meteorologia

  • 27 MAIO 2024
Tempo
14º
MIN 14º MÁX 22º

Von der Leyen pede contenção após alegado ataque israelita ao Irão

A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, apelou hoje a Israel e ao Irão para que "se abstenham de qualquer ação adicional", depois de relatos de uma retaliação israelita contra o Irão.

Von der Leyen pede contenção após alegado ataque israelita ao Irão
Notícias ao Minuto

09:31 - 19/04/24 por Lusa

Mundo Médio Oriente

absolutamente necessário que a região [Médio Oriente] permaneça estável e que todas as partes se abstenham de qualquer ação adicional", disse a presidente do executivo comunitário, em Helsínquia, à margem de uma visita à Finlândia, acompanhada pelo primeiro-ministro do país, Petteri Orpo.

As autoridades militares iranianas indicaram hoje que os sistemas de defesa do país "dispararam contra objetos suspeitos" que não causaram danos, no meio de especulações sobre um possível ataque de mísseis israelitas.

"O som [de explosões] está relacionado com o disparo dos sistemas de defesa de Isfahan", disse o comandante do exército iraniano na província de Isfahan, Siavosh Mihan-Dust, à televisão estatal iraniana.

"Não sofremos danos, nem houve acidentes", acrescentou.

A televisão estatal informou ao início da manhã de hoje que o som de "fortes explosões" foi ouvido na província central de Isfahan, que abriga centros de produção de mísseis e instalações nucleares.

O Irão negou que tenha havido um ataque com mísseis contra o país e garantiu que as suas defesas aéreas derrubaram vários 'drones' (veículos aéreos não tripulados).

"Não há relatos de um ataque com mísseis por enquanto", disse o porta-voz da Agência Espacial Iraniana, Hossein Dalirian, na rede social X (antigo Twitter).

A fonte indicou que as defesas aéreas do país abateram "três micro 'drones'".

A televisão estatal destacou que os 'drones' vieram de dentro do país, como aconteceu em abril de 2023, quando um complexo militar foi atacado com três 'drones' em Isfahan. Nem o Governo israelita nem o Pentágono reconheceram oficialmente a operação.

De acordo com a cadeia de televisão norte-americana ABC News, que citou um responsável dos Estados Unidos, Israel lançou um ataque contra o Irão, ao mesmo tempo que a TV oficial iraniana dava conta de informações sobre "fortes explosões" na província de Isfahan (centro).

O Irão ativou a defesa aérea em várias províncias, na sequência de informações sobre pelo menos uma explosão no centro do país, avançou a agência de notícias estatal iraniana IRNA.

As autoridades iranianas suspenderam todos os voos comerciais a partir e com destino a vários aeroportos, incluindo Teerão, tendo as viagens sido retomadas horas depois.

A Agência Internacional de Energia Atómica (AIEA) confirmou hoje que não houve danos nas instalações nucleares do Irão após o ataque levado a cabo por Israel contra o centro do país.O Irão lançou um ataque com mísseis e 'drones' contra Israel no último sábado, em retaliação ao atentado bombista ao consulado iraniano em Damasco, no dia 01 de abril, no qual morreram sete membros da Guarda Revolucionária.

Israel prometeu retaliação por esse ataque.

Leia Também: AO MINUTO: Israel sem reivindicar ataque; Irão não tenciona retaliar já

Recomendados para si

;
Campo obrigatório