Meteorologia

  • 20 MAIO 2024
Tempo
13º
MIN 13º MÁX 20º

Alegado ataque de Israel contra o Irão? "Fraco", diz ministro israelita

Governante, que é membro do gabinete de guerra, já tinha defendido que Israel não podia "ser cobarde".

Alegado ataque de Israel contra o Irão? "Fraco", diz ministro israelita
Notícias ao Minuto

08:57 - 19/04/24 por Notícias ao Minuto com Lusa

Mundo Israel

O ministro israelita da Segurança Nacional, o ultranacionalista Itamar Ben Gvir, pareceu reagir, nas redes sociais, ao alegado atacado de Israel contra o Irão, na madrugada desta sexta-feira. 

O governante, que tinha defendido que Israel devia ser "violento" em resposta ao ataque do Irão do último fim de semana, escreveu apenas uma palavra na rede social X (antigo Twitter). "Fraco", lê-se.

Recorde-se que foi no domingo que o governante, que é membro do gabinete de guerra, afirmou que Israel não podia "ser cobarde".

"Para estabelecer a dissuasão no Médio Oriente, é preciso mostrar-lhes que se enlouqueceram e perderam completamente a cabeça", atirou.

Recorde-se que o Irão ativou as suas defesas, afirmando apenas que tinham ocorrido explosões na cidade central de Isfahan, na madrugada de hoje, mas que as instalações nucleares iranianas estavam seguras.

A Agência Espacial Iraniana também negou um ataque com mísseis, contrariando a informação dos Estados Unidos de que Israel tinha lançado projéteis contra solo iraniano.

No meio da discussão sobre o que terá efetivamente acontecido, as autoridades da aviação iranianas suspenderam inicialmente os voos em pelo menos três cidades do país, incluindo Teerão e o seu aeroporto internacional, embora horas depois tenham decidido retomá-los.

O ataque israelita foi noticiado inicialmente pela cadeia de televisão norte-americana ABC News, citando um responsável dos Estados Unidos.

O jornal norte-americano New York Times cita funcionários israelitas, não identificados, que reivindicam o ataque, que ocorre no dia do 85.º aniversário do líder supremo iraniano, Ayatollah Ali Khamenei. O Exército israelita ainda não confirmou, oficialmente, o ataque.

Leia Também: AIEA diz que explosões não danificaram instalações nucleares do Irão

Recomendados para si

;
Campo obrigatório