Meteorologia

  • 25 MAIO 2024
Tempo
20º
MIN 13º MÁX 25º

França. Decisão de Burkina Faso de expulsar diplomatas sem fundamento

A França criticou hoje a expulsão de três diplomatas e funcionários franceses do Burkina Faso por por alegadas "atividades subversivas", afirmando que a decisão não tem "nenhuma base legítima".

França. Decisão de Burkina Faso de expulsar diplomatas sem fundamento
Notícias ao Minuto

15:06 - 18/04/24 por Lusa

Mundo Burkina Faso

"A decisão tomada pelas autoridades do Burkina Faso não tem qualquer fundamento legítimo. Só podemos deplorá-la", declarou o porta-voz adjunto do Ministério dos Negócios Estrangeiros francês, Christophe Lemoine, considerando "infundadas" as acusações feitas contra os franceses.

Na terça-feira, o adido militar Gwenaïelle Habouzit, e os conselheiros políticos Guillaume Reisacher e Hervé Fournier, que trabalham na embaixada francesa no Burkina Faso, foram declarados 'persona non grata' e "convidados a abandonar o território do Burkina Faso" até o dia de hoje, indicou o Ministério dos Negócios Estrangeiros do Burkina Faso numa nota enviada à embaixada francesa em Ouagadougou, cuja cópia foi hoje consultada pela AFP.

As relações entre a França e o Burkina Faso deterioraram-se desde a chegada ao poder do capitão Ibrahim Traoré, em setembro de 2022, através de um golpe de Estado - o segundo em oito meses.

Leia Também: Três diplomatas franceses declarados 'persona non grata' no Burkina Faso

Recomendados para si

;
Campo obrigatório