Meteorologia

  • 28 MAIO 2024
Tempo
18º
MIN 14º MÁX 28º

Brasil pede "máxima contenção" após ataque iraniano contra Israel

O Brasil pediu "máxima contenção" ao Irão e a Israel, após os ataques iranianos no sábado à noite, e instou a comunidade internacional a mobilizar esforços para "evitar uma escalada".

Brasil pede "máxima contenção" após ataque iraniano contra Israel
Notícias ao Minuto

06:40 - 14/04/24 por Lusa

Mundo Ataque

O Irão lançou ataque com 'drones' contra Israel "a partir do seu território", confirmou o porta-voz do exército israelita num discurso transmitido pela televisão.

O Governo brasileiro está a acompanhar "com grave preocupação" os relatos de lançamentos de 'drones' e mísseis do Irão contra Israel, afirma-se num comunicado divulgado esta noite pelo Ministério das Relações Exteriores.

O ministério também destacou que, desde o início do atual conflito na Faixa de Gaza, o Brasil tem alertado para o "potencial destrutivo do alastramento das hostilidades à Cisjordânia e para outros países, como Líbano, Síria, Iémen e, agora, o Irão".

No comunicado, o Brasil não usa palavras de condenação ao ataque iraniano, em contraste com a condenação, na semana passada, do ataque israelita ao consulado iraniano em Damasco, escreveu a agência de notícias espanhola Efe.

Numa mensagem na rede social X, a missão iraniana junto da ONU alegou que, "de acordo com o artigo 51.º da Carta das Nações Unidas sobre a legítima defesa, a ação militar do Irão foi uma resposta à agressão do regime sionista" contra as instalações diplomáticas iranianas em Damasco.

As tensões entre os dois países subiram nas últimas semanas, depois do bombardeamento do consulado iraniano em Damasco, a 01 de abril, no qual morreram sete membros da Guarda Revolucionária e seis cidadãos sírios.

Leia Também: Ministro da Defesa israelita agradece apoio dos EUA após ataque iraniano

Recomendados para si

;
Campo obrigatório