Meteorologia

  • 26 MAIO 2024
Tempo
23º
MIN 14º MÁX 23º

França lançou inspeção sobre violência sexual nas Forças Armadas

As Forças Armadas francesas estão a ser alvo de uma missão de inspeção sobre a violência sexual, na sequência de uma série de testemunhos de militares publicados nos meios de comunicação social, anunciou a tutela.

França lançou inspeção sobre violência sexual nas Forças Armadas
Notícias ao Minuto

11:28 - 12/04/24 por Lusa

Mundo Violência

"Mandatámos a Inspeção Geral das Forças Armadas para levar a cabo uma missão de análise de todas as medidas de prevenção, proteção das vítimas e punição dos agressores", escreveu Sébastien Lecornu, ministro das Forças Armadas num artigo assinado conjuntamente com Patricia Miralles, secretária de Estado dos Veteranos, publicado hoje no jornal Le Monde.

A missão, que deve apresentar o relatório no final de maio, deve contribuir para melhorar a assistência às vítimas, analisar o tratamento disciplinar e o sentido das sanções contra os agressores e reforçar as medidas de prevenção, refere o texto.

Além disso, "a partir de agora, sempre que houver uma suspeita suficientemente grave de violação ou de agressão sexual, a pessoa implicada será sistematicamente suspensa das suas funções", escrevem os governantes.

Vários meios de comunicação social franceses relataram o caso de Manon Dubois, que foi abusada sexualmente num navio da marinha francesa quando tinha 17 anos.

O caso foi apresentado ao Ministério das Forças Armadas por uma militar e deputada do partido presidencial francês, Laetitia Saint-Paul.

A missão de inspeção vai ser igualmente encarregada de "tornar ainda mais eficaz" o funcionamento da unidade Thémis, criada em 2014 para recolher os testemunhos das vítimas e assegurar a aplicação de punições.

Em 2023, 167 denúncias de violência sexual ou de género foram enviadas para a hierarquia das Forças Armadas e 59 foram tratadas diretamente pela unidade Thémis, perfazendo um total de 226 casos.

De acordo com o Ministério das Forças Armadas, as mulheres representam 16,5% dos 34.142 membros das Forças Armadas francesas.

Leia Também: Novo Aeroporto? Chefe do Estado-Maior da Força Aérea pede que se decida

Recomendados para si

;
Campo obrigatório