Meteorologia

  • 17 ABRIL 2024
Tempo
22º
MIN 14º MÁX 28º

Terramoto em Taiwan perturba comboios na China continental

O terramoto que abalou hoje Taiwan causou grandes perturbações nos transportes públicos na China continental, com várias províncias costeiras a registarem tremores que provocaram suspensões e atrasos nos serviços ferroviários.

Terramoto em Taiwan perturba comboios na China continental
Notícias ao Minuto

12:16 - 03/04/24 por Lusa

Mundo Taiwan

As províncias afetadas incluem Fujian, Jiangxi e Guangdong, no sudeste da China, e Zhejiang, na costa leste. Xangai, a "capital" económica do país, também sentiu o impacto, com alguns serviços ferroviários de alta velocidade a serem suspensos.

Os operadores ferroviários locais emitiram avisos a informar os passageiros de que alguns serviços estavam suspensos ou a funcionar a uma velocidade limitada e que deviam contar com atrasos.

O terramoto de magnitude 7,3 atingiu a costa leste de Taiwan às 7:58, provocando o desabamento de edifícios e matando pelo menos nove pessoas. Há registo de 880 feridos, enquanto prosseguem os esforços para salvar 130 pessoas presas nos escombros.

De acordo com o Centro de Redes de Terramotos da China, o terramoto foi monitorizado a uma profundidade de cerca de 12 quilómetros, tendo o seu epicentro ocorrido nas águas a sul da região de Hualien.

O centro de alerta de tsunamis do Ministério dos Recursos Naturais emitiu um alerta vermelho de nível 1 - o mais elevado de quatro níveis - após o terramoto, que foi levantado antes do meio-dia.

Os tremores foram sentidos em cidades de Fujian - a província costeira do continente que fica em frente a Taiwan - e noutras áreas metropolitanas, incluindo Xangai, Suzhou, Shenzhen, Cantão e Shantou.

Entre os serviços ferroviários afetados contam-se alguns que ligam Fujian à província vizinha de Guangdong. Outros comboios que operavam nas províncias de Fujian, Jiangxi e Zhejiang foram também suspensos enquanto as linhas eram inspecionadas.

Os atrasos deixaram os passageiros de Fujian retidos nas estações da capital da província, Fuzhou, bem como nas cidades de Quanzhou e Xiamen, de acordo com a imprensa.

Passageiros citados pela agência noticiosa oficial Xinhua disseram que foram retirados dos comboios que pararam pouco depois de terem começado a sair da estação e que estavam à espera que as operações fossem retomadas.

Os órgãos locais informaram que duas estações em Fuzhou tinham suspendido 28 serviços, a partir das 10 horas (02 horas, em Lisboa). O operador ferroviário também anunciou atrasos em vários serviços que passam pela cidade.

Uma dúzia de serviços ferroviários de alta velocidade foram suspensos em Xangai na manhã de quarta-feira, incluindo comboios para Xiamen e Ningbo, na província vizinha de Zhejiang, e para Kunming, capital da província de Yunnan, no sudoeste da China.

A interrupção dos serviços poderá ter um grande impacto, uma vez que se espera uma corrida às viagens durante cinco dias para o Festival Qingming, quando os chineses costumam ir aos cemitérios para limpar os túmulos de entes queridos e depositar flores.

O operador ferroviário nacional prevê que sejam efetuadas 75 milhões de viagens durante o período de viagem, com uma média de 15 milhões de viagens por dia.

O operador dos serviços na região do delta do rio Yangtsé - que abrange Xangai e as três províncias vizinhas de Jiangsu, Zhejiang e Anhui - esperava realizar 3,15 milhões de viagens na quarta-feira.

Leia Também: Cerca de mil pessoas retidas numa região montanhosa de Taiwan após sismo

Recomendados para si

;
Campo obrigatório