Meteorologia

  • 21 JULHO 2024
Tempo
19º
MIN 17º MÁX 25º

Tripulação continua retida no navio que chocou contra ponte em Baltimore

"Eles dizem que estão bem", garantiu o diretor executivo da Baltimore International Seafarers' Center, uma organização sem fins lucrativos que protege o direito dos marinheiros.

Tripulação continua retida no navio que chocou contra ponte em Baltimore
Notícias ao Minuto

09:36 - 02/04/24 por Notícias ao Minuto

Mundo EUA

Mais de 20 tripulantes continuam presos a bordo do navio envolvido na colisão com a ponte Francis Scott Key de Baltimore, nos EUA, uma semana após o acidente. "Eles dizem que estão bem", garantiu o diretor executivo da Baltimore International Seafarers' Center, uma organização sem fins lucrativos que protege o direito dos marinheiros.

No total, 21 tripulantes estavam a bordo do Dali no momento em que o navio chocou contra a ponte, na passada terça-feira. O choque ocorreu após uma viagem de 27 dias ao Sri Lanka, de acordo com a BBC.

A Guarda Costeira dos EUA confirmou que 20 dos tripulantes são indianos, enquanto um é natural do Sri Lanka. Uma autoridade indiana referiu, na semana passada, que todos os tripulantes se encontravam bem de saúde, incluindo o único que ficou ferido no acidente e que teve de ser suturado.

O diretor executivo da Baltimore International Seafarers' Center, Joshua Messick, é uma das poucas pessoas que entrou em contacto com a tripulação. Após uma troca de mensagens pelo WhatsApp, Joshua Messick revelou que os homens estão "abalados". “Eles não tiveram Wi-Fi até sábado e não sabiam realmente qual era a perceção do resto do mundo", contou ainda.

Joshua Messick acredita que a tripulação tenha sido aconselhada pela empresa a "manter a discrição, por enquanto". Ainda assim, Messick diz que mantêm o contacto com a tripulação todos os dias. "Eles dizem que estão bem", garantiu.

A data para o desembarque dos marinheiros do navio é ainda desconhecida. As autoridades dizem que não é provável que a tripulação do Dali desembarque antes de o navio ser retirado do local, um processo que é considerado complicado e que deverá demorar.

Recorde-se que o embate entre o navio e a ponte ocorreu na passada terça-feira, pelas 01h30 (05h30 em Lisboa), tendo provocado o desmoronamento da infraestrutura. As autoridades norte-americanas reconheceram já que a reconstrução da ponte de Baltimore "não será rápida, fácil ou barata" e apontaram como prioridade a reabertura do tráfego fluvial.

Leia Também: Funcionários começam a cortar restos da ponte de Baltimore. Eis o vídeo

Recomendados para si

;
Campo obrigatório