Meteorologia

  • 17 ABRIL 2024
Tempo
23º
MIN 14º MÁX 28º

Ucrânia. Kremlin acusa militares da Alemanha de envolvimento no conflito

O Kremlin reiterou a acusação sobre o "envolvimento direto do Ocidente" na Ucrânia, na sequência da divulgação das trocas de mensagens entre oficiais alemães sobre o fornecimento de armas à Ucrânia.

Ucrânia. Kremlin acusa militares da Alemanha de envolvimento no conflito
Notícias ao Minuto

10:45 - 04/03/24 por Lusa

Mundo Ucrânia/Rússia

O porta-voz do Kremlin, Dmitri Peskov afirmou hoje que as informações trocadas nas redes sociais, incluindo uma gravação, mostram "mais uma vez o envolvimento direto do Ocidente no conflito na Ucrânia".

"A gravação (registo sonoro) mostra que, no seio do Bundeswehr (Forças Armadas da Alemanha), existem discussões pormenorizadas e concretas sobre planos a levar a cabo contra o território russo", acrescentou.

A acusação de Peskov ocorre no mesmo momento em que o embaixador da Alemanha foi convocado pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros russo, em Moscovo.

Segundo as agências noticiosas russas, o embaixador Alexander Graf Lambsdorff abandonou o edifício do ministério sem fazer comentários.

Uma gravação áudio de uma reunião, por meios remotos, entre oficiais alemães de alta patente foi publicada nas redes sociais da Rússia na passada sexta-feira.

No sábado, Berlim confirmou que a gravação era autêntica e que tinha sido intercetada. No registo sonoro, os participantes discutem a possibilidade de fornecer a Kiev mísseis de longo alcance Taurus de fabrico alemão.

A agência France-Presse escreve hoje que "a conversa é altamente embaraçosa" para a Alemanha, uma vez que Berlim se recusa oficialmente a entregar mísseis Taurus a Kiev, alegando o risco de agravamento do conflito.

Leia Também: Rússia convoca o embaixador alemão em Moscovo

Recomendados para si

;
Campo obrigatório