Meteorologia

  • 24 ABRIL 2024
Tempo
13º
MIN 13º MÁX 24º

Pelo menos 1 morto e meio milhão de hectares devastados por fogo no Texas

Pelo menos uma pessoa morreu e quase meio milhão de hectares foram devastados por 23 incêndios florestais no Texas, incluindo um que se tornou hoje o maior da história do Estado norte-americano, e outra dezena no vizinho Oklahoma.

Notícias ao Minuto

23:41 - 29/02/24 por Lusa

Mundo EUA

De acordo com as autoridades norte-americanas, o maior dos incêndios, batizado 'Smokehouse Creek', devastou pelo menos 345.200 hectares de florestas e pastagens e até à manhã de hoje, com os bombeiros a conseguirem conter apenas 5% desse incêndio.

Joyce Blankenship, uma ex-professora de 83 anos, foi encontrada morta na sua casa incendiada na cidade de Stinnett, no condado de Hutchinson, 115 quilómetros a nordeste de Amarillo (Texas), e é até agora a única morte atribuída aos incêndios.

O crescimento explosivo do incêndio 'Smokehouse Creek' desacelerou à medida que a neve caiu e os ventos e as temperaturas diminuíram, mas continuava hoje indomável e ameaçador.

O Serviço Florestal da Universidade Texas A&M informou que pelo menos 23 incêndios que se espalharam pelo norte do Estado cobriram quase meio milhão de hectares. Esta região, conhecida como Panhandle, é onde é criado 85% do gado daquele Estado.

Esta agência indicou que as condições favoráveis ao incêndio vão diminuir na sexta-feira, mas o potencial aumentará nas planícies no sábado e domingo, quando são esperados ventos fortes no oeste do Texas.

Espera-se menos de 2,5 centímetros de neve, mas a humidade não é o único benefício, explicou o meteorologista do Serviço Meteorológico Nacional, Samuel Scoleri.

"Ajudará a manter a humidade relativa baixa durante o dia e certamente ajudará os bombeiros", frisou Scoleri, citado pela agência Associated Press (AP).

As chamas devastaram quase 162 mil hectares no condado de Hempshill e os bombeiros conseguiram conter 30% do incêndio denominado 'Windy Deuce', que devastou 57.500 hectares.

O governador de Oklahoma, Kevin Stitt, que mobilizou equipas de resposta a emergências, adiantou numa mensagem na rede social X que no seu Estado as chamas destruíram pelo menos 13 casas.

A empresa North Plains Electric Cooperative afirmou que terá de reconstruir cerca de 180 quilómetros de linhas da sua rede de fornecimento de energia elétrica, danificadas pelas chamas.

As autoridades não determinaram a causa exata dos incêndios florestais desta semana, mas apontaram que as temperaturas acima do normal para esta época do ano e os ventos, com rajadas de até 95 quilómetros por hora, espalharam as chamas rapidamente.

Leia Também: Imagens aéreas mostram Texas 'cercada' por incêndios

Recomendados para si

;
Campo obrigatório