Meteorologia

  • 15 ABRIL 2024
Tempo
23º
MIN 13º MÁX 24º

Tentam matar padre com cálice envenenado após críticas à máfia

Felice Palamara, que é uma voz opositora ao grupo criminoso Ndrangheta, apercebeu-se que o vinho tinha um "cheiro estranho", mesmo antes de o beber, durante a missa.

Tentam matar padre com cálice envenenado após críticas à máfia
Notícias ao Minuto

10:07 - 27/02/24 por Notícias ao Minuto

Mundo Itália

Um padre católico do sul de Itália sofreu, no sábado, dia 24 de fevereiro, uma tentativa de homicídio depois de se ter manifestado contra o grupo criminoso Ndrangheta.

Conta o The Guardian que Felice Palamara – conhecido por denunciar corajosamente o crime organizado, em Itália - estava a celebrar missa na igreja de San Nicola di Pannaconi, em Cessaniti, uma pequena cidade de Calábria, quando, no momento da eucaristia, sentiu um "cheiro estranho", a água sanitária, vindo diretamente do cálice que estava prestes a beber.

A missa foi imediatamente interrompida e o cálice levado para análise. Os exames laboratoriais confirmaram que o vinho continha água sanitária, o que desencadeou uma investigação policial.

Aos meios de comunicação social italianos, Felice Palamara, revelou que já tinha sido ameaçado de morte várias vezes e que o seu carro foi vandalizado duas vezes nos últimos meses.

Apesar das ameaças, o pároco não se deixar vencer. Nas redes sociais escreveu: "A minha vingança chama-se amor, o meu escudo perdão, a minha armadura misericórdia… Não vou insistir nos obstáculos, nem me assustarei com a escuridão".

Recorde-se que a Ndrangheta é considerada o grupo de crime organizado mais rico do mundo. A sua riqueza foi amealhada às custas do tráfico de cocaína, ao longo de várias décadas. Recentemente, conseguiram expandiram o seu ‘negócio’ por toda a Europa, enquanto a máfia siciliana foi perdendo influência.

Leia Também: Agente da DEA acusado de ter recebido mais de 250 mil dólares da máfia

Recomendados para si

;
Campo obrigatório