Meteorologia

  • 13 ABRIL 2024
Tempo
17º
MIN 17º MÁX 29º

Agente da DEA acusado de ter recebido mais de 250 mil dólares da máfia

Procuradores acusaram o agente da autoridade de ter trabalhado durante anos com "um pequeno segredo".

Agente da DEA acusado de ter recebido mais de 250 mil dólares da máfia
Notícias ao Minuto

16:26 - 22/02/24 por Notícias ao Minuto

Mundo EUA

Um agente da Drug Enforcement Administration (DEA), a agência anti-droga dos Estados Unidos, está a ser julgado por alegadamente ter recebido mais de 250 mil dólares (cerca de 231 mil euros) em subornos da máfia.

Joseph Bongiovanni, dizem os procuradores citado pela agência Associated Press, trabalhou durante anos carregando consigo "um pequeno segredo".

O homem ofereceria, alegadamente, um "guarda-chuva de proteção" a quem lhe pagou esta quantia, interferindo em investigações aos seus amigos de infância, encobrindo o funcionamento de um clube de strip-tease envolvido com tráfico sexual e até ajudando um professor a manter uma atividade paralela de cultivo de canábis.

A justiça alega que Bongiovanni recebeu envelopes cheios de dinheiro ao longo de uma década, incentivando os seus colegas de profissão a abrir casos falsos, dirigidos a comunidades negras e hispânicas, deixando-os com menos tempo para investigar suspeitos italianos.

"Às vezes, a DEA não acerta. Ele foi capaz de manipular todos porque existe uma certa confiança inerente. Fez isto sob o controlo de superiores que o supervisionaram de forma insuficiente", disse o procurador assistente dos EUA, Joseph Tripi.

Bongiovanni, de 59 anos, negou as acusações de suborno, conspiração e obstrução da justiça, que o podem levar a uma pena de prisão perpétua. A defesa do arguido disse que as acusações são baseadas em mentiras "tão fantasiosas que não prejudicam apenas a credibilidade, destroem-na".

Leia Também: Gennaro Gattuso extorquido pela máfia calabresa. Família foi ameaçada

Recomendados para si

;
Campo obrigatório