Meteorologia

  • 24 ABRIL 2024
Tempo
24º
MIN 13º MÁX 24º

Navio ao largo do Iémen é atacado por mísseis que provocaram fogo a bordo

Um navio foi atacado com mísseis no Golfo de Áden, ao largo do Iémen, provocando um incêndio a bordo, declararam hoje as Operações Comerciais Marítimas da Marinha Britânica (UKMTO).

Navio ao largo do Iémen é atacado por mísseis que provocaram fogo a bordo
Notícias ao Minuto

10:26 - 22/02/24 por Lusa

Mundo Iémen

"Um navio foi atacado com dois mísseis, provocando um incêndio a bordo", indicaram num comunicado as UKMTO, acrescentando que "as forças da coligação responderam" ao ataque.

Foi recomendada "cautela" aos navios que transitam por essa rota marítima estratégica e a agência britânica pediu ainda que fosse "relatada qualquer atividade suspeita" na região.

Na nota, os britânicos esclareceram que o "incidente" ocorreu "70 milhas náuticas a sudeste de Áden".

Os rebeldes Hutis, que desde novembro lançaram dezenas de ataques contra navios no Mar Vermelho, bem como contra Israel, ainda não fizeram comentários este novo ataque.

O comunicado das UKMTO surge depois de o Comando Central dos Estados Unidos (CENTCOM) ter anunciado que realizou quatro "ataques de autodefesa" e destruiu sete mísseis anti-navio, entre outro material militar, em áreas controladas pelos Hutis, todos preparados para serem lançados "em direção ao Mar Vermelho".

O exército israelita afirmou que o sistema de defesa aérea de Israel derrubou hoje um míssil perto da sua fronteira sobre o Mar Vermelho e as sirenes foram ativadas na cidade turística de Eilat.

Os Hutis, apoiados pelo Irão, denunciaram vários ataques dos Estados Unidos e do Reino Unido às suas posições nos últimos dias e disseram que não serão dissuadidos de continuar a atacar navios israelitas ou ligados a Israel devido à guerra contra o Hamas na Faixa de Gaza.

Leia Também: Hutis em contacto com UE para garantir "passagem segura" no mar Vermelho

Recomendados para si

;
Campo obrigatório