Meteorologia

  • 18 ABRIL 2024
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 25º

Kremlin considera vergonhosos insultos de Biden a Vladimir Putin

O Kremlin qualificou de "vergonhosas" as declarações do Presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, que qualificou Vladimir Putin de "louco" durante uma reunião do Partido Democrata.

Kremlin considera vergonhosos insultos de Biden a Vladimir Putin
Notícias ao Minuto

09:20 - 22/02/24 por Lusa

Mundo Dmitri Peskov

uma vergonha imensa para (...) os Estados Unidos. Se o presidente de um país usa um léxico destes... deviam ter vergonha", declarou o porta-voz do Kremlin, Dmitri Peskov, num vídeo difundido hoje por um jornalista da televisão pública russa.

"É evidente que Biden está a demonstrar, por motivos políticos internos, o estilo próprio de um 'cowboy de Hollywood'", acrescentou Peskov. 

Durante uma ação de angariação de fundos para a reeleição presidencial, Joe Biden referiu-se ao Presidente russo Vladimir Putin como "louco" ("crazy sob").

Biden estava a referir-se às alterações climáticas quando afirmou: "Temos um louco como Putin e outros, e temos sempre de nos preocupar com conflitos nucleares, mas a ameaça existencial para a humanidade é o clima".

Falando aos doadores em São Francisco, na Califórnia, na quarta-feira, Biden também disse que ficou "espantado" com os comentários recentes feitos por Donald Trump sobre a morte de Alexei Navalny.

O ex-chefe de Estado norte-americano comparou os factos relacionados com o oposicionista Alexei Navalny aos próprios problemas legais que enfrenta nos Estados Unidos.

Donald Trump foi multado em 350 milhões de dólares (mais de 323 milhões de euros) depois de um juiz de Nova Iorque ter descoberto que mentiu durante vários anos sobre o património e participações financeiras em empresas.

O ex-presidente disse que a decisão da justiça norte-americana era uma forma de "comunismo ou de fascismo".

Leia Também: Ameaça nuclear? Putin é "um filho da mãe maluco", atira Biden

Recomendados para si

;
Campo obrigatório