Meteorologia

  • 29 FEVEREIRO 2024
Tempo
13º
MIN 10º MÁX 16º

Borrell pede que "parem de pedir por favor" e impeçam massacre em Gaza

O alto-representante da União Europeia (UE) para os Negócios Estrangeiros, Josep Borrell, criticou hoje os Estados-membros que apelam a uma resposta militar proporcionada de Israel, mas continuam a apoiar Telavive com armamento.

Borrell pede que "parem de pedir por favor" e impeçam massacre em Gaza
Notícias ao Minuto

15:48 - 12/02/24 por Lusa

Mundo Israel/Palestina

"Toda a gente vai a Telavive pedir: 'Por favor, estão a morrer demasiadas pessoas'. Quantas pessoas são demasiadas? [Benjamin] Netanyahu não ouve ninguém. Diz que as pessoas [palestinianas] têm de sair. Para onde? Para a Lua? Para onde vão estas pessoas", disse Josep Borrell em conferência de imprensa conjunta com o subsecretário-geral das Nações Unidas responsável pelo apoio à população palestiniana, em Bruxelas.

O chefe da diplomacia europeia acrescentou que se há países, nomeadamente Estados-membros da UE, que "acreditam que é um massacre" o que está a acontecer na Faixa de Gaza e que "demasiadas pessoas estão a morrer, então têm de pensar no fornecimento de armas".

"Cada Estado-membro é responsável pela sua política externa, mas é no mínimo contraditório dizer: 'Há demasiadas pessoas a morrer, por favor não matem tantas'. Parem de dizer 'por favor' e façam alguma coisa", completou.

Os governantes europeus reuniram-se hoje com o subsecretário-geral das Nações Unidas e responsável pela Agência das Nações Unidas de Assistência aos Refugiados da Palestina no Próximo Oriente (UNRWA) Philippe Lazzarini.

Leia Também: Borrell pede seriedade a Trump e rejeita NATO "à la carte"

Recomendados para si

;
Campo obrigatório