Meteorologia

  • 12 JUNHO 2024
Tempo
21º
MIN 15º MÁX 23º

Não são de Émile os ossos descobertos na cidade onde criança desapareceu

A descoberta foi feita por uma pessoa que estava a caminhar perto de um riacho. Ossos são de um animal.

Não são de Émile os ossos descobertos na cidade onde criança desapareceu
Notícias ao Minuto

23:21 - 05/02/24 por Notícias ao Minuto

Mundo Émile

Um conjunto de ossos foi descoberto, no dia 23 de janeiro, na cidade de Vernet, em França, onde Émile desapareceu há sete meses. As ossadas foram analisadas, mas o resultado deu negativo para a possibilidade de serem de Émile, já que eram, afinal, de um animal. 

Segundo a BFMTV, a descoberta foi feita por uma pessoa que estava a caminhar perto de um riacho. O Instituto de Investigação Criminal da Gendarmaria Nacional (IRCGN) foi imediatamente contactado, assim como os responsáveis pelo caso do desaparecimento de Émile, já que a descoberta podia estar ligada com o menino. 

“O coração estava acelerado, é verdade”, admitiu um dos investigadores que achava que estava perante o desfecho do caso, que já dura há sete meses. 

Os ossos foram analisados, com um pedido especial de prioridade. Mas, o resultado indicou que os ossos não pertenciam ao menino. 

“Os ossos descobertos em Vernet têm sido regularmente analisados ​​pelos investigadores”, afirmou uma fonte judicial que confirmou que a descoberta não está ligada ao desaparecimento do menino.  

Émile desapareceu no dia 8 de julho de 2023, quando brincava no jardim de casa dos avós, onde a família passava férias, depois de ter dormido a sesta. Até à data ninguém foi detido, embora, em outubro, um jovem agricultor tenha sido alvo de buscas, uma vez que o seu comportamento tinha levantado suspeitas na aldeia, sobretudo, porque tinha discutido com o avô de Émile. Contudo, não havia registo de quaisquer provas contra o jovem.

Leia Também: "Sabemos o que procuramos". Investigadores confiantes no caso Émile

Recomendados para si

;
Campo obrigatório