Meteorologia

  • 25 JUNHO 2024
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 23º

Quer atravessar África a correr... mas visto pode frustrar desafio

Russell Cook já fez 12 mil quilómetros de corrida, atravessando 13 países, para angariar milhares para a caridade. Um problema com o visto para entrar na Argélia e, de seguida, cruzar a fronteira para a Mauritânia, pode, no entanto, significar o fim do desafio.

Quer atravessar África a correr... mas visto pode frustrar desafio
Notícias ao Minuto

15:56 - 23/01/24 por Notícias ao Minuto

Mundo Maratona

Um homem de Worthing, West Sussex, no Reino Unido, planeia atravessar África a correr, começando a viagem no extremo mais a sul da África do Sul, a 22 de abril, e pretendendo chegar ao ponto mais a norte do continente, na Tunísia. No total, estimava, incialmente, que faria 360 maratonas em 240 dias.

Várias complicações, no entanto, obrigaram-no a reajustar os seus objetivos, e uma delas pode mesmo significar o fim abrupto do desafio, ainda por cumprir.

Segundo a BBC, que cita o atleta, Cook está na estrada há 278 dias, percorrendo 12 mil quilómetros e atravessando 13 países diferentes. "Está tudo no limbo", disse, no entanto, pois aguarda ainda um visto para entrar na Argélia e, uma vez lá, cruzar a fronteira com a Mauritânia.

"Se não conseguimos os vistos, então acabou", disse, no X (antigo Twitter).

O objetivo inicial de Cook passa por cobrir 14.500 quilómetros, cruzando 16 fronteiras. Algumas das complicações que enfrentou incluíram assalto à mão armada e problemas de saúde. Nesta questão do visto, 'Hardest Geezer', como também é conhecido, pediu ajuda aos seguidores do desafio. "É a única opção que temos. Não há literalmente outra forma de chegar à ponta mais a norte de África", disse.

O desafio serve, principalmente, para arrecadar fundos para a caridade The Running Charity. Até ao momento, foram arrecadadas 142.659 libras (cerca de 166.768 euros).

Leia Também: Arnold Schwarzenegger retido no aeroporto por causa de relógio de luxo

Recomendados para si

;
Campo obrigatório