Meteorologia

  • 03 MARçO 2024
Tempo
12º
MIN 9º MÁX 16º

Detido suspeito de ter matado a tiro duas pessoas na cidade suíça de Sion

A polícia suíça anunciou a detenção de um suspeito de ter disparado hoje de manhã tiros em dois locais em Sion, no sul da Suíça, provocado a morte a duas pessoas e ferimentos numa terceira.

Notícias ao Minuto

17:39 - 11/12/23 por Lusa

Mundo Suíça

"O dispositivo policial existente permitiu aos agentes da Polícia Intercomunitária de Crans-Montana prender o suspeito, de 36 anos, de ser o atirador quando este se encontrava na zona de Saint Léonard (cinco quilómetros a leste de Sion), às 15h43 (14h43 em Lisboa)", explicou a polícia cantonal do Valais num comunicado.

No documento, as autoridades policiais adiantaram que foram alertadas para uma pessoa ferida num parque de estacionamento em Sion, a capital do cantão de Valais, às 07h15 locais (06h15 em Lisboa).

Lá chegada, a polícia encontrou uma mulher de 34 anos, já morta em consequência de um tiro. 

"O assassino terá assediado a mulher em várias ocasiões para ter uma relação com ela", segundo reportou o diário regional Le Nouvelliste, que acrescenta que foi aberto um processo judicial contra o alegado atirador.

A meio da manhã, um homem de 41 anos, gerente de uma empresa local onde o suspeito tinha trabalhado, segundo o Le Nouvelliste, foi igualmente morto a tiro e uma mulher de 49 anos, secretária na mesma empresa, foi alvejada quando tentou dar o alarme, mas ficou apenas ferida.

A polícia lançou de imediato uma "caça ao homem" e apelou a quem tivesse indicações sobre o paradeiro do suspeito para o comunicar às forças policiais, que adiantaram que o homem poderia estar em fuga num descapotável registado localmente.

O homem acabou por ser apanhado pela polícia na região de Saint Leonard, de acordo com um comunicado da polícia.

Leia Também: Dois mortos e um ferido em tiroteio na Suíça. Atirador a ser procurado

Recomendados para si

;
Campo obrigatório