Meteorologia

  • 27 FEVEREIRO 2024
Tempo
10º
MIN 9º MÁX 14º

Navalny continua desaparecido e faltou a audiência em tribunal

Os advogados do ativista e dissidente russo, que se encontra preso por acusações de extremismo, não falam com ele há uma semana.

Navalny continua desaparecido e faltou a audiência em tribunal
Notícias ao Minuto

16:32 - 11/12/23 por Notícias ao Minuto

Mundo Rússia

Alexei Navalny, o líder da oposição russa detido pelo regime e condenado a várias décadas por crimes contra o governo de Vladimir Putin, continua desaparecido e, esta segunda-feira, os advogados contaram que o ativista faltou a uma audiência em tribunal, sendo incapazes de o contactar.

Ao The Guardian, uma assistente de Navalny disse que, "infelizmente, não sabemos nada sobre o seu estado". "Hoje é o sexto dia em que os advogados não veem o Alexei", apontou Kira Yarmysh.

Navalny devia ter marcado presença por videoconferência numa audiência, mas os apoiantes do ativista referiram que tal não foi possível, com as autoridades a dizerem que a falta de comparência foi justificada com dificuldade técnicas e elétricas.

Os advogados contaram ainda que, esta segunda-feira, o nome de Navalny não aparecia na lista de prisioneiros na colónia penal IK-6, perto de Moscovo, onde está retido.

"Assumimos que tenha sido transferido, e por isso é que outros advogados estão a tentar entrar em outra colónia na região de Vladimir", acrescentou Yarmish, sublinhando que ninguém associado ao ativista sabe onde este se encontra.

Caso Navalny tenha sido transferido para uma prisão de regime especial, onde as condições são ainda mais difíceis, este terá ainda mais dificuldades em receber visitas ou trocar cartas.

Navalny, conhecido por ser um dos rostos mais fortes da oposição na Rússia, foi envenenado e detido pelo regime, depois de anos a criticar Putin e a corrupção no Kremlin. O ativista foi condenado a cerca de 30 anos de prisão por crimes relacionados com extremismo, embora a sua defesa reitere que a acusação e condenação foram politicamente motivadas e Navalny acredita que nunca irá sair da prisão, onde as condições são precárias e onde a sua saúde está a deteriorar-se gravemente, enquanto Putin for vivo.

O desaparecimento de Alexei Navalny surge ainda pouco depois de Putin anunciar a sua candidatura a um quinto mandato como presidente da Rússia. Na sequência do anúncio do atual líder absoluto do regime, vários apoiantes de Navalny espalharam vários cartazes por Moscovo, São Petersburgo e outras cidades, com códigos QR que encaminhavam os utilizadores para uma série de conselhos e táticas da oposição.

O The Guardian sugeriu que o silenciamento de Navalny, que foi a maior ameaça até agora à continuidade de Putin no poder, pode ser útil para o Kremlin, especialmente tendo em conta os muitos problemas de saúde que o ativista tem enfrentado desde que foi encarcerado.

"Dadas as condições desumanas em que ele está a ser mantido - sem ventilação, sem água quente na cela, e ele não tem sido bem alimentado, pode haver quebras de tensão por fome. De qualquer das formas, os advogados viram o Alexei pouco depois de alguns problemas de saúde e ele estava relativamente bem. Mas agora desapareceu", sublinhou ainda Kira Yarmysh.

Leia Também: Navalny desaparecido há vários dias após sofrer "grave problema de saúde"

Recomendados para si

;
Campo obrigatório