Meteorologia

  • 26 FEVEREIRO 2024
Tempo
14º
MIN 10º MÁX 14º

Macron visita obras em Notre-Dame a um ano da reabertura

A catedral, um dos mais importantes monumentos da história francesa e europeia, ficou gravemente danificada num incêndio há quatro anos.

Notícias ao Minuto

11:38 - 08/12/23 por Notícias ao Minuto

Mundo Notre-Dame de Paris

O presidente francês, Emmanuel Macron, visitou esta sexta-feira as obras na Catedral de Notre-Dame de Paris, a icónica catedral no coração da capital francesa que ficou gravemente danificada num incêndio em 2019, com a visita a ocorrer exatamente um ano antes da reabertura ao público em 2024.

Em abril de 2019, um incêndio destruiu o telhado e a estrutura da grande torre da catedral, danificando também as paredes altas do monumento construído no século XIII e renovado ao longo dos anos. A catedral foi encerrada na sequência do incidente e foram feitas milhares de doações para reparar o templo, que é uma das principais imagens de marca de Paris e de França.

Macron tem visitado recorrentemente Notre-Dame desde o incêndio, e a visita desta sexta-feira foi a sexta desde que as obras de reconstrução começaram.

A complexidade da obra é grande, dada a longevidade da catedral e a sua altíssima estrutura. Foram erguidas enormes estruturas dentro e fora da catedral ao longo destes quatro anos, e a torre, caída no incêndio, foi reconstruída a partir do mesmo desenho do arquiteto francês que a criou no século XIX.

O pico da torre da catedral fica a 96 metros do solo.

Clique na galeria para ver as fotografias da visita do presidente francês.

Emmanuel Macron vai também homenagear Jean-Louis Georgelin, um dos principais responsáveis pela reconstrução e que morreu em agosto deste ano.

Além da restauração do que ficou danificado, a catedral irá também sofrer obras na nave principal e no coro, sendo que o presidente francês vai ainda discutir a criação de um novo museu no local.

A Catedral de Notre-Dame de Paris deverá reabrir ao público no dia 8 de dezembro de 2024. As autoridades esperavam ter a reconstrução concluída antes dos Jogos Olímpicos, mas poderão ainda contar com a catedral reaberta para o Natal do próximo ano e o regresso das grandes celebrações.

A catedral é conhecida pela sua enorme importância na história, não só da França, mas também da Europa. A Notre-Dame de Paris assistiu a alguns dos principais e mais importantes eventos do continente, como a coroação de Napoleão Bonaparte ou a tomada de Paris pelos nazis. É também lá que está guardada a coroa de espinhos que foi colocada na cabeça de Jesus Cristo.

Leia Também: Daqui a um ano, Notre Dame reabrirá as portas. Recorde o fogo em imagens

Recomendados para si

;
Campo obrigatório