Meteorologia

  • 25 FEVEREIRO 2024
Tempo
14º
MIN 13º MÁX 18º

Rio de Janeiro. Menino Gui e família assaltados à saída do jogo do Vasco

A mãe do menino detalhou que foram roubados "telemóveis, relógios e alianças" e passaram por momentos de "muito terror psicológico".

Rio de Janeiro. Menino Gui e família assaltados à saída do jogo do Vasco
Notícias ao Minuto

23:05 - 07/12/23 por Daniela Carrilho

Mundo Brasil

A mãe de Guilherme, o menino que sofre de uma doença autoimune e rara, epidermólise bolhosa, revelou na madrugada desta quinta-feira que a família foi assaltada à saída do jogo do Vasco da Gama, no Rio de Janeiro, Brasil.

"Um verdadeiro absurdo! Acabamos de ser assaltados a sair do [estádio] São Januário! Colocaram um revólver na nossa cara, não respeitaram o Gui no carro, uma criança!", escreveu Tayane Gandra numa publicação na rede social Instagram.

A mulher detalhou que foram roubados "telemóveis, relógios e alianças" e passaram por momentos de "muito terror psicológico".

Na manhã desta quinta-feira, Tayane revelou que apresentou queixa na polícia e agradeceu o apoio recebido neste momento difícil.

"Quero agradecer todo o apoio de todo o mundo. Queria dizer que o policiamento estava todo certo, eles usaram um ponto cego no trânsito parado. O importante é que estamos vivos", afirmou num vídeo, ressalvando que o filho Gui não entendeu o que estava a acontecer durante o assalto.

De recordar que a história de Guilherme ganhou notoriedade depois do vídeo do reencontro do menino com a mãe, depois de passar 16 dias em coma, no passado mês de junho.

A criança sofre de uma doença autoimune e rara - epidermólise bolhosa - que não tem cura e não é transmissível, mas provoca graves ferimentos na pele.

Guilherme também se tornou viral por ser um adepto fervoroso do Vasco da Gama. Após superar o coma - e ter alta com honras da Polícia Federal -, foi surpreendido pelos jogadores do clube e teve a oportunidade de estar num treino da equipa

A família do menino procura agora validar a 'Lei Gui', que visa instituir uma pensão especial aos portadores de epidermólise bolhosa, cuja causa é apoiada pelo presidente brasileiro, com quem a criança teve um encontro muito desejado.

Leia Também: "Emocionou-me". Lula encontra-se com Gui, menino que sofre de doença rara

Recomendados para si

;
Campo obrigatório