Meteorologia

  • 05 MARçO 2024
Tempo
13º
MIN 8º MÁX 16º

Menino que esteve 16 dias em coma teve alta com honras da Polícia Federal

A criança sofre de uma doença autoimune e rara - epidermólise bolhosa - que não tem cura e não é transmissível, mas provoca graves ferimentos na pele. 

Menino que esteve 16 dias em coma teve alta com honras da Polícia Federal
Notícias ao Minuto

21:51 - 27/06/23 por Notícias ao Minuto

Mundo Brasil

A história de Guilherme, que sofre de uma doença autoimune, ganhou notoriedade depois do vídeo do reencontro do menino de oito anos com a mãe, depois de passar 16 dias em coma. Ao início da tarde desta terça-feira teve alta do hospital, com direito a presentes e transporte exclusivo da Polícia Rodoviária Federal (PRF), pela qual a criança é apaixonado.

O momento em que saiu do hospital da zona oeste do Rio de Janeiro, no Brasil, - que pode ver na galeria de imagens acima - o menor foi surpreendido por agentes da corporação, recebeu presentes e foi levado de comboio até à sua casa, em Itaguaí.

“Estou feliz porque hoje eu estou a ir embora. O meu coração está acelerado”, disse Guilherme, em declarações ao G1.

Ao mesmo portal, o agente da PRF, José Hélio Macedo, revelou que receberam o contacto do pai do menino e combinaram fazer uma visita. 

"Soubemos que ele teria alta hoje e a PRF veio fazer uma escolta de honra. Vamos acompanhá-lo da saída do hospital até à residência dele. É um momento importante e estamos aqui juntos. É gratificante”, explicou.

A criança sofre de uma doença autoimune e rara - epidermólise bolhosa - que não tem cura e não é transmissível, mas provoca graves ferimentos na pele. 

Ao longo da sua curta vida, Guilherme já esteve internado 23 vezes e passou por oito cirurgias. Desta vez, esteve 23 dias internado para tratar de um resfriado, que evoluiu para pneumonia, que o deixou 16 desses dias em coma.

No entanto, neste período foi surpreendido por alguns dos seus maiores ídolos do clube brasileiro Vasco da Gama, que o visitaram no hospital. A felicidade que o menino sentiu terá, sem dúvida, contribuído para que melhorasse o seu estado de saúde.

Leia Também: Guilherme passou 16 dias em coma e o reencontro com mãe encantou o Brasil

Recomendados para si

;
Campo obrigatório