Meteorologia

  • 24 ABRIL 2024
Tempo
16º
MIN 12º MÁX 24º

Primeiro-ministro da Letónia anuncia a sua renúncia ao cargo

O primeiro-ministro da Letónia, Krisjanis Karins, anunciou hoje que renunciará com todo o seu Executivo na quinta-feira, justificando a decisão com a "falta de dinâmica" dentro da coligação governamental.

Primeiro-ministro da Letónia anuncia a sua renúncia ao cargo
Notícias ao Minuto

15:24 - 14/08/23 por Lusa

Mundo Letónia

"Hoje, pedirei os líderes do partido Nova Unidade (JV, do qual Karins é membro) que apresente um novo candidato a primeiro-ministro. Isso significa que haverá um novo primeiro-ministro", declarou o político de 58 anos, nascido nos Estados Unidos, aos jornalistas.

Para justificar a sua decisão, o político invocou uma "falta de dinâmica" e a "necessidade de uma nova coligação governamental".

"Atualmente, o Nova Unidade e a Aliança Nacional (dois partidos dentro da coligação) estão a bloquear o trabalho pela prosperidade e crescimento económico" do país, declarou ainda Karin na rede social X (ex-Twitter).

A Letónia, membro da NATO e da União Europeia (UE), realizou as suas últimas eleições legislativas em outubro de 2022.

O partido pró-ocidental Nova Unidade venceu as eleições com quase 19% dos votos, mas só conseguiu formar uma coligação com 53 deputados entre os 100 parlamentares.

O partido JV uniu-se à Lista Unida (Verdes e partidos regionais de centro) e à Aliança Nacional (centro-direita) para formar a nova coligação.

Primeiro-ministro da Letónia desde 2019, Karins recentemente tentou ampliar a coligação ao convidar os Progressistas, partido de esquerda social-democrata, para se juntarem ao Governo, mas enfrentou fortes críticas de dentro do bloco no poder.

Espera-se agora que a Nova Unidade nomeie um candidato para suceder Karins após a sua renúncia formal.

O primeiro-ministro letão declarou que irá entregar formalmente a sua renúncia ao Presidente letão, Edgars Rinkevics, na quinta-feira.

Karins foi primeiro-ministro em dois governos de coligação entre 2018 e 2022 e também ministro da Economia e eurodeputado.

Leia Também: Letónia acusa Bielorrússia de facilitar entrada ilegal de migrantes

Recomendados para si

;
Campo obrigatório