Meteorologia

  • 22 FEVEREIRO 2024
Tempo
16º
MIN 12º MÁX 18º

Covid-19. Unicef e EUA elogiam sucesso de Cabo Verde na vacinação

O Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) e os Estados Unidos da América elogiaram hoje o sucesso de Cabo Verde na campanha de vacinação contra a covid-19, com uma taxa de 87% na população adulta.

Covid-19. Unicef e EUA elogiam sucesso de Cabo Verde na vacinação
Notícias ao Minuto

19:43 - 28/06/23 por Lusa

Mundo UNICEF

"Isso não teria sido possível sem a visão e liderança política do Governo de Cabo Verde e o apoio do Ministério da Saúde", constatou o representante da Unicef em Cabo Verde, David Matern, na Praia, em declarações após ser recebido pela ministra da Saúde.

O responsável faz parte de uma missão conjunta da Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID) e da Unicef de Nova Iorque, que está em Cabo Verde para constatar os resultados, as estratégias e os desafios enfrentados pelo país no âmbito do combate à covid-19 e à vacinação.

David Matern disse que o foco reside no que funcionou bem durante a resposta à covid-19 e que viram que o combate à desinformação foi "absolutamente fundamental" para o país.

"Isso é algo que nós, Unicef, com o apoio que recebemos do Governo dos Estados Unidos, conseguimos fazer. E achamos que esta é uma lição que temos de partilhar com o resto do mundo, certamente com o continente africano, porque é algo de que Cabo Verde se deve orgulhar e que outros países devem imitar", salientou.

Da delegação, que ficará no país até sexta-feira, faz parte ainda a líder da Equipa de Gestão da Política e do Acordo Geral II da Unicef do Gabinete de Saúde Global da USAID em Washington DC, Hareya Fassil.

Por sua vez, o embaixador dos Estado Unidos em Cabo Verde, Jeff Daigle, disse estar "muito orgulhoso" do papel que o país desempenhou na campanha de vacinação e na sua resposta geral à pandemia.

O arquipélago, considerou, é um "exemplo" não só para a região, mas para todo o mundo, com a taxa de vacinação "incrivelmente alta, ainda melhor do que nos Estados Unidos".

Jeff Daigle afirmou que os Estados Unidos forneceram mais de 500.000 doses da vacina a Cabo verde, e 716 mil dólares para a campanha, e um total de 10 milhões de dólares (9,1 milhões de euros) para toda a resposta à covid-19 e 2,6 milhões de dólares (2,3 milhões de euros) para ajudar as empresas a recuperar da crise.

"A minha esperança é que a resposta positiva que tivemos com este financiamento ajude a mostrar que um pouco de assistência em Cabo Verde, no setor da saúde, vai longe. E esperamos que este seja um exemplo que possamos usar para desbloquear mais ajuda para Cabo Verde no futuro", perspetivou.

A ministra da Saúde de Cabo Verde, Filomena Gonçalves, agradeceu aos parceiros internacionais pelos apoios e considerou que a visita conjunta é a prova de que o país foi resiliente e que está "muito orgulhoso" dos resultados.

"Hoje nós somos dados como modelo a nível mundial, em termos da taxa de vacinação, e em termos do abraçar por parte dos cabo-verdianos", afirmou a ministra, considerando que, mesmo assim, ainda existem "muitos desafios" na saúde e na segurança sanitária no arquipélago.

"Nós sabemos que a segurança sanitária é muito importante para o país, porque, ao fim ao cabo, a nossa principal atividade, que é o turismo, depende da segurança sanitária para podermos continuar a ser um bom destino", salientou a governante.

Até terça-feira, Cabo Verde contabilizava 64.088 casos positivos acumulados de covid-19, desde o primeiro registado em 20 de março de 2020, dos quais 63.588 casos recuperados da doença, 414 óbitos e tinha 31 casos ativos.

Leia Também: Cabo Verde com novos embaixadores em Angola, Áustria e Marrocos

Recomendados para si

;
Campo obrigatório