Meteorologia

  • 25 JUNHO 2024
Tempo
17º
MIN 17º MÁX 24º

Tudo o que se sabe sobre o ataque à faca num parque infantil em França

Um ataque em Annecy, na região francesa dos Alpes, fez vários feridos, entre eles crianças que estariam a brincar num parque infantil.

Notícias ao Minuto

13:21 - 08/06/23 por Notícias ao Minuto

Mundo França

A manhã desta quinta-feira foi de tragédia em Annecy, em França, quando um homem esfaqueou várias pessoas numa praça da cidade, incluindo crianças que brincavam num parque infantil local.

Os relatos começaram por dar conta de seis crianças feridas, mas, de acordo com o balanço mais recente da agência France-Presse (AFP), que cita fontes policiais, no ataque ficaram feridas quatro crianças e dois adultos. Informação que foi, entretanto, confirmada pelo procurador responsável, Line Bonnet-Matis.

As autoridades francesas esclareceram, no entanto, que o atacante não teve "motivos terroristas".

O momento gerou choque por todo o país, levando mesmo um total de 37 pessoas que assistiram ao ataque a precisar de apoio psicológico. As imagens são chocantes e gráficas.

Quem é o suspeito?

Até agora, a informação disponível sobre o suspeito diz que será um requerente de asilo sírio, com 31 anos, que conseguiu o estatuto de refugiado na Suécia, em abril, conforme avançou à AFP uma fonte policial sob condição de anonimato.

O homem foi neutralizado e detido pelas autoridades no momento do ataque. Segundo o Le Parisien, chama-se Abdalmasih H. e não consta nos registos de segurança das autoridades locais ou dos serviços de inteligência franceses. Conforme avança o mesmo jornal, a sua detenção deu-se apenas quatro minutos após o início do ataque.

Segundo um vídeo consultado pela AFP, o agressor disse duas vezes em inglês "em nome de Jesus Cristo" durante o ataque e usava uma cruz cristã quando foi preso, apresentando-se como um "cristão da Síria".

Quantos feridos há?

Ao longo da manhã, os relatos sobre o número de feridos variaram, falando-se inicialmente em sete feridos, dos quais seis seriam crianças. Chegou a referir-se que haveria até oito crianças feridas, mas o balanço mais recente dá conta de seis pessoas feridas, entre elas quatro crianças.

Uma das crianças feridas é britânica e outra é neerlandesa, avançou a AFP citando fonte próxima do incidente. A mais nova tem 22 meses de idade e a mais velha três anos, estando todas elas em estado grave, acrescentou a mesma fonte.

Reações

O país está ainda a receber, em choque, as notícias, levando a Assembleia Nacional a fazer um minuto de silêncio na sua sessão, esta manhã, em homenagem às vítimas.

O próprio presidente francês, Emmanuel Macron, disse que "a nação está em choque" e que se tratou de um ataque cheio de "cobardia".

Um dos primeiros a reagir foi, no entanto, o ministro da Administração Interna francês. "Várias pessoas, incluindo crianças, foram feridas por um indivíduo armado com uma faca numa praça em Annecy. O indivíduo foi detido graças à intervenção muito rápida da polícia", escreveu Gérald Darmanin, no Twitter.

Já a primeira-ministra francesa, Élisabeth Borne, disse que se deslocaria ao local do ataque.

As motivações do ataque não são ainda conhecidas, e as autoridades estão a investigar. Está descartada, no entanto, a possibilidade de se tratar de um ataque terrorista. Além disso, segundo a informação avançada pelo procurador, o agressor não estava sob a influência de "drogas ou álcool" no momento do ataque.

Segundo as autoridades francesas, este homem está agora a ser acusado do crime de tentativa de homicídio.

[Notícia atualizada às 17h08]

Leia Também: Macron reage a ataque em França: "A nação está em choque"

Recomendados para si

;
Campo obrigatório